sábado, 31 de julho de 2010

Adílson Batista lembra Maradona e Timão fica mais relaxado!!!


Treinador é descontraído, meio doido e elenco está mais descontraído por isso.

O técnico Adilson Batista gritou, bateu palmas e distribuiu sorrisos nos primeiros treinamentos que comandou no Corinthians. "Parece que estou aqui há mais três meses", comentou o substituto de Mano Menezes, que é constantemente elogiado pelo seu elenco.Zagueiro do Corinthians no Mundial de Clubes de 2000, Adilson não demorou muito para se sentir à vontade em seu retorno ao Parque São Jorge, uma década depois. "A aceitação, o respeito e o empenho foram muito grandes por parte de todos", disse, enquanto ajeitava o seu novo uniforme no corpo.Adilson estreará como treinador do Corinthians justamente em um clássico contra o Palmeiras, neste domingo, no Pacaembu. Nos últimos dias, ele conheceu melhor o seu elenco dentro e fora de campo. "Conversamos bastante. Vi muitos vídeos de jogos anteriores, um do Defederico, alguns dos meninos da base. Está tudo muito tranquilo", afirmou.Por enquanto, Adilson se preocupa apenas em dar continuidade ao trabalho de Mano Menezes, que levou o Corinthians à liderança do Campeonato Brasileiro. "Mas não transfiro nenhuma responsabilidade. Não podemos dizer que perdemos ou ganhamos por causa do Mano. Não trabalho assim", declarou o técnico.

Fonte: Chicolangpress

Bom estou com uma grande interrogação se Adílson vai dar conta como técnico do Timão. Boa praça ele parece que é. O jogo de amanhã é uma prova de fogo e mesmo com um mal resultado não podemos cobrar já dele, precisaremos esperar mais pra ver.

Abçs
DMazzaro

Dorival saca Dracena e escala somente reservas na linha contra o Prudente


Dorival Júnior confirmou a equipe que vai encarar o Grêmio Prudente, neste domingo, às 18h30min, pela 12º rodada do Campeonato Brasileiro, no interior do estado. A opção foi por escalar somente jogadores reservas na linha. O único titular em campo será o goleiro Rafael.
Dorival havia planejado escalar Edu Dracena, que cumpriu suspensão na primeira partida da final da Copa do Brasil contra o Vitória. No entanto, o treinador decidiu também poupar o zagueiro da partida, e colocar Bruno Aguiar em seu lugar.
Os titulares ficaram no CT Rei Pelé no fim de semana realizando treinamentos visando o segundo jogo decisivo da Copa do Brasil. A equipe reserva embarca para Prudente neste sábado. Já Dorival viaja para comandar a equipe apenas no domingo, horas antes do jogo.

Para o jogo contra o Grêmio Prudente, o destaque é o retorno de Léo. O lateral ainda não atuou no segundo semestre por conta de uma lesão na coxa direita.
Dorival comandou um treinamento coletivo na tarde desta sexta-feira, no CT Rei Pelé. Ao fim da atividade, o treinador confirmou, via assessoria de imprensa, que a equipe escalada será utilizada contra o Prudente. A última alteração realizada na equipe foi a entrada de Zezinho no lugar de Breitner.


Desta forma, o Santos está confirmado com: Rafael; Maranhão, Bruno Aguiar, Vinícius, Léo; Rodriguinho, Danilo, Marquinhos e Zezinho; Madson e Zé Eduardo.


(UOL ESPORTE).



Att:. Marcel..............SaSantista do abc

sexta-feira, 30 de julho de 2010

Mano começa a montar comissão técnica da Seleção

Aos poucos, o técnico Mano Menezes está formando a nova comissão técnica da Seleção Brasileira. Além do auxiliar-técnico Sidnei Lobo, que já estava confirmado e trabalhava com ele no Corinthians, o treinador pediu à CBF a recontratação do médico José Luiz Runco, que se reuniu com o presidente da entidadade, Ricardo Teixeira, nesta quinta-feira, para selar o acordo, segundo publicou o jornal "Folha de S. Paulo".

Runco, que havia sido criticado pelo então técnico Dunga pela demora na recuperação de Elano, durante a Copa do Mundo, foi um dos funcionários que deixaram a CBF depois do fracasso no Mundial. Junto com ele, haviam sido demitidos o técnico Dunga, o auxiliar Jorginho e o supervisor Américo Faria. O médico trabalha na Seleção desde 1998 e foi ortopedista particular de Ricardo Teixeira.

Mano também convidou o preparador físico do São Paulo, Carlinhos Neves, para trabalhar com ele na Seleção. Ele aceitou e poderá acumular as duas funções. Fábio Mahseredjian, preparador físico do Internacional e que já trabalhou na Seleção, também integrará a nova comissão técnica. O preparador de goleiros será Francisco Cersósimo, do Grêmio, com quem Mano trabalhou quando treinou o clube gaúcho, entre 2005 e 2007.

EDUARDO MALUF

O presidente da CBF, Ricardo Teixeira, convidou o diretor de futebol do Atlético-MG, Eduardo Maluf, para ser diretor técnico de seleções. Segundo o jornal "O Estado de S. Paulo", o acordo já foi acertado entre as partes e ele assumirá a função que era de Américo Faria. Maluf, que antes do Atlético-MG havia trabalhado durante dez anos no Cruzeiro, vai ajudar Mano na organização das equipes olímpica e adulta.

Att.
Ale Souza

Leia isso Juvenal !!!

*
*
   Desapontado com o desempenho da seleção da Coreia do Norte na Copa do Mundo, o presidente Kim-Jong-il deu uma bronca de quase seis horas na delegação que esteve no Mundial. O time asiático, que foi eliminado ainda na primeira fase, foi obrigado a passar pela humilhação diante de 400 pessoas no Palácio de Governo.
   O integrante que mais sofreu com a ira do chefe norte coreano foi o técnico Kim Jong-Hun. O treinador foi obrigado a realizar trabalho braçal como punição pelo fracasso na África do Sul. É comum no país, que atletas e técnicos que não tenham êxito nas competições, façam trabalho forçado como forma de punição.
*Fonte: Globo
Opinião


Ah se Juvenal fosse nortecoreano ...

Abs
Ðan Castanho

quinta-feira, 29 de julho de 2010

Dunga e Maradona

                     
                                        

Charge de Maurício Ricardo (Globo)

Abs
Ðan Castanho

Vamos São Paulo !!!

*
      O elenco são-paulino reconhece que a derrota para o Internacional por 1 a 0, nesta quarta-feira à noite, no Beira-Rio, não estava nos planos, já que o time planejou ao menos marcar gols fora de casa. No entanto, o zagueiro Alex Silva acredita que nada está definido e o São Paulo dará a volta por cima no Morumbi, no jogo do próximo dia 5 de agosto.
   “Ainda estamos na briga. Tenho certeza de que no Morumbi vai dar tudo certo. Se fosse perder, seria melhor por 2 a 1. Será difícil dentro do Morumbi, mas não impossível. Temos de colocar o coração na ponta da chuteira agora”, explicou o defensor, que completou:
   “A gente não queria sofrer o gol. O empate seria com sabor de vitória. Mas, na partida em si, o 1 a 0 saiu de bom tamanho. O gol do Internacional foi sorte. A bola bateu no Alecsandro e tirou o Miranda da jogada. Mas ainda estamos na decisão”.
   O camisa 3 são-paulino aposta no poder da defesa para garantir uma vaga na grande final da Libertadores. Em cinco jogos em casa pelo torneio continental, o Tricolor ainda não sofreu gols. Alex Silva chama a responsabilidade e confia no poder ofensivo do time.   “Vamos trabalhar para não sofrer gols em casa. A equipe tem de confiar em nós zagueiros. A responsabilidade é nossa. Espero manter este retrospecto defensivo e também confio nos meus atacantes lá na frente”, completou o jogador.

Ricardo Oliveira

   O atacante Ricardo Oliveira foi contratado pelo São Paulo para ajudar o time conquistar o quarto título da Copa Libertadores. Depois da estreia contra o Internacional, no Beira-Rio, na última quarta-feira, o camisa 19 não esconde: "sou fascinado pela Libertadores".
   "Tenho certeza de que vamos dar uma resposta na quinta-feira. Todos nós estamos mordidos. O jogo que fizemos no Beira-Rio não foi legal. Não fomos lá só para se defender. Minha cabeça pensa positivo e quero ser campeão. Sou fascinado pela Libertadores", disse Oliveira.
   Na próxima quinta-feira, no Morumbi, o Tricolor Paulista precisará de uma vitória por dois ou mais gols de diferença para se classificar. Mesmo com a vantagem do Internacional, Ricardo Oliveira acredita que a partida no Morumbi será completamente diferente da que aconteceu no Sul.
   "Será um jogo complicado, mas vamos nos preparar bem. Lá sabemos que poderíamos ter feito algo a mais, mas agora o jogo será diferente no Morumbi. Nosso time é criativo e dentro de casa as coisas vão acontecer", completou o jogador.
   Antes do duelo decisivo pela competição continental, o São Paulo terá um compromisso pelo Campeonato Brasileiro. No próximo sábado à noite, também no Morumbi, a equipe enfrentará o Ceará. Para ganhar ritmo de jogo, Ricardo Oliveira poderá jogar mais alguns minutos, assim como aconteceu diante do time gaúcho.
*Fonte: SPFC
Opinião  

  É bom saber que dois dos grandes jogadores do tricolor estão confiantes, isso mostra o espírito de Libertadores dentro do time sãopaulino, então quero dizer a TODOS do elenco que mesmo não confiando no treinador, a torcida inteira ACREDITA que os jogadores podem fazer a diferença e conseguir mais esse objetivo.

ACREDITEM VCS TAMBÉM !!!
E VC TORCEDOR TRICOLOR DEIXE UMA MENSAGEM DE INCENTIVO AOS JOGADORES ...
Abs
Ðan Castanho - TRI Mundial !!

Neymar!!! Uma RARIDADE do futebol moderno!!!

Boa noite leitores do PIRADOS FC!!!

O Santos venceu o Vitória nessa quarta-feira dia 28/07/2010 por 2x0 na Vila Belmiro pela final da Copa do Brasil e conseguiu abrir uma boa vantagem para o segundo e decisivo jogo da FINAL!!! Se alguém duvidava que os meninos da Vila fariam um bom papel no primeiro jogo da Final, tenho certeza que os 90 minutos de futebol apresentados ontem tiraram todas as duvidas dos santistas!!!
Mas além da enorme quantidade de gols perdidos nesse jogo pelo Alvinegro, outros momentos chamaram minha atenção durante e após a partida!!!
Durante o jogo inteiro eu pude ver o Ganso um jogador espetácular e que enche os olhos de qualquer pessoa que goste de um futebol bem jogado e inteligente, realmente de encantar... mas deixo meus comentários sobre o PAULO HENRIQUE para uma outra oportunidade!!!
Quero falar hoje sobre este jovem talento que realmente é diferente e fora de série... NEYMAR!!!
O garoto é objetivo e irreverente, a quem diga que ele é mascarado, irresponsável ou algo do genêro, mas não tem como dizer que ele não joga um futebol que a maioria dos brasileiros é apaixonado!!!
Parte pra cima dos zagueiros como se eles fossem cones e ignora suas pancadas e xingamentos com dribles desconcertantes e uma habilidade BRASILEIRA!!!
Sofre um penalti em uma jogada de gênio e como se estivesse em um estádio vazio e sem câmeras abusa da sua habilidade e irreverência com uma cavadinha, e essa cobrança foi feita em um penalti decisivo na final da COPA DO BRASIL (titulo que o Santos não possui), FINAL onde seu time ganhava por APENAS 1x0 contra um adversário que não via a cor da bola, ou seja, essa cobrança foi um abuso, uma IRRESPONSABILIDADE. Afinal de contas como disse um jornalista após o jogo... "futebol é coisa séria, envolve dinheiro e planejamento"!!!

Mas é sobre isso que eu gostaria de falar hoje amigos PIRADOS!!!!

Na minha maneira de ver, futebol é espetaculo, futebol é entretenimento... envolve muito dinhero??? Sim, envolve muito dinheiro, mas tudo isso fora do campo, dentro de campo quem manda é o artista, quem cria, quem encanta, quem gera proposta de milhões de EUROS são os jogadores, eles são os astros que fazem esse mundo funcionar, e no Brasil precisamos de mais jogadores assim, chega de jogadores de laboratório!!!
Agora deixando o business de lado, acho o Neymar GENIAL, não só porque ele é um grande jogador, mas porque ele não tem medo de arriscar, de criar, de fazer da sua habilidade sua arte, ELE esta trazendo de volta para o BRASIL um futebol irreverente e imprevisível que aos poucos estamos perdento, que o MUNDO esta perdendo...
Sem nenhum tipo de comparação, mas qual admirador do futebol não AMAVA ver o Romário dando um elástico no Amaral, o Ronaldo arrancando e driblando zagueiros como se eles não pudessem tocá lo, ou o Ronaldinho Gaúcho engatando três Chapéus em apenas uma jogada, ou o Garincha enganando zagueiros ao ponto de parecer combinado???

Futebol é ARTE e ARTE só cria quem ARRISCA!!!

Abraços!!!

Rafael "Cafú" Vitorino

Peixe bate no Vitoria


Foi um massacre na Vila Belmiro. O Santos abriu vantagem de 2 a 0 contra o Vitória na primeira partida da final da Copa do Brasil, mas deixou o gramado com a sensação de que foi pouco. Isso porque a equipe dominou toda a partida, e ainda viu Neymar, errar um pênalti ao bater com cavadinha.
O camisa 11 marcou o primeiro gol do jogo logo aos 14 minutos, mas tinha tudo para ter deixado o campo como vilão. Sorte que Marquinhos entrou no trecho final de jogo para garantir o triunfo, e a vantagem de perder por um gol de diferença no segundo jogo, na próxima quarta-feira, no Barradão.
A cobrança de pênalti com o goleiro Lee, estático, fazendo a defesa marcou um jogo onde a equipe baiana pode até comemorar a derrota por “apenas” dois gols de diferença.
O rubro-negro precisa vencer por três ou mais gols de diferença no Barradão, caso o Santos marque gol no campo do adversário. O 2 a 0 para o Vitória leva a definição do campeão para a disputa de pênaltis

.
Att:. Marcel...........Santista do abc

Tricolor perde no Beira Rio

  *
   Retranca custa caro. Paga-se com gol, com derrota, com o distanciamento de uma vaga em final de Libertadores da América. Vontade de vencer traz o efeito contrário: dá recompensa, oferece vitória, brinda com a esperança de novo título continental. No duelo entre Internacional e São Paulo, venceu quem quis vencer. Giuliano, aos 23 minutos do segundo tempo, furou o bloqueio tricolor e deu ao Colorado uma vitória que não poderia ser mais justa.
   Só o Inter, até a bola entrar na rede de Rogério Ceni, buscou o gol no Beira-Rio. O São Paulo não teve receio de se esconder na defesa, valorizando um eventual 0 a 0. Em todo o primeiro tempo, não teve uma chance sequer para marcar. Foi punido com o gol de um jogador iluminado, que já marcou quatro vezes na Libertadores, mesmo sem ser titular. Giuliano, depois de fazer o gol da classificação às semifinais, contra o Estudiantes, deixou o Inter mais perto da decisão.
   O duelo da volta é na semana que vem, na quinta-feira, no Morumbi. Os gaúchos jogam pelo empate e até por derrota de um gol, a partir do 2 a 1. Ao São Paulo, resta vencer por, pelo menos, dois gols de vantagem ou devolver o placar do Beira-Rio e tentar a sorte nos pênaltis.

                        
*Fonte: Globo
Opinião

   O resultado foi justo, o Internacional buscou muito mais o jogo do que o retrancado Tricolor, muitas vezes o medo de perder do treinador faz o time deixar de ganhar, e o São Paulo no Sul foi assim, um time que não ofereceu muito perigo ao goleiro colorado.
    Impressionante como o time não se reencontrou ainda, já o Inter manteve o nível atual de seu futebol que só venceu depois da Copa do Mundo. Méritos da diretoria gaúcha que viu que o treinador anterior não estava rendendo o esperado e usou a parada para contratar outro treinador, que mesmo não sendo um dos Top's do Brasil, ele é superior ao Ricardo Gomes que a diretoria comandada pelo "coronel" Juvenal mesmo vendo que é um treinador FRACO, ainda assim o manteve no cargo.
    Mesmo acreditando MUITO que podemos passar de fase, é muito difícil confiar no trabalho do limitado treinador do time paulista, ainda dá tempo ... MUDA JUVENAL !!!

Abs
Ðan Castanho - TRI Mundial !!!

quarta-feira, 28 de julho de 2010

'Modernos', Santos e Vitória abrem decisão na Vila em busca de título inédito


O futebol vistoso, de boa qualidade técnica, marcado pela ofensividade, e de muitos gols foi premiado na Copa do Brasil. Atuando dessa forma moderna que Santos e Vitória chegaram para a decisão da competição. O tão esperado confronto pelo título inédito será aberto nesta quarta-feira, às 21h50min, na Vila Belmiro.
Os clubes viveram pouco mais de dois meses esperando o momento da decisão chegar. Os planejamentos foram desenvolvidos para que no reinício da competição, justamente nos jogos finais, as equipes voltassem a apresentar as características marcantes das campanhas.
Santos e Vitória têm os melhores ataques da Copa do Brasil.O alvinegro marcou 36 gols, em 9 jogos. Já a equipe baiana fez 24, em 10 partidas.
A potência ofensiva do Santos dentro de casa na competição impressiona. Em 4 jogos, o Santos marcou 24 gols, o que resulta em uma incrível média de 6 por partida.
O rendimento do ataque santista no primeiro semestre corou os jovens jogadores da equipe. Tanto que no início da semana, Paulo Henrique Ganso, Neymar e André, assim como Robinho, foram convocados por Mano Menezes para a seleção brasileira.
No entanto, o quarteto santista teve uma preocupante queda de produção no segundo semestre. O artilheiro da Copa do Brasil, com 10 gols, Neymar, passou em branco nos quatro jogos disputados no reinício do Brasileirão. Já a situação de André, vice-artilheiro do torneio, com 8 gols, é ainda pior. O centroavante amargou o banco de reservas nos dois últimos jogos da equipe, e não tem a titularidade garantida por Dorival para a decisão.
O treinador santista chega para a primeira partida decisiva com uma indefinição na equipe. A última vaga está sendo disputada por Marquinhos, André e Marcel. A escolha só vai acontecer minutos antes do jogo.

“Preciso sentir o momento, olhar para o jogador e ver o grau de confiança. Seja qual for o escolhido, temos a certeza de que ele vai contribuir com muita determinação em campo”, destacou Dorival.
Já os substitutos de Edu Dracena e Léo, suspensos estão confirmados. Bruno Aguiar entra na zaga, enquanto Alex Sandro será o lateral-esquerdo.
A ideia de encaminhar o título com um bom triunfo na Vila Belmiro é considerada improvável pelo treinador. Porém, os jogadores santistas reconhecem que a busca é por uma goleada em casa para facilitar o trabalho no duelo decisivo.
“Estamos em uma final importante e espero que o Santos vá para cima. Temos que procurar um bom resultado aqui porque lá (no Barradão) será difícil” alertou Robinho, que tem contrato de empréstimo com o clube até a data da segunda partida decisiva, 4 de agosto.


Assim como Dorival, o treinador do Vitória, Ricardo Silva, também evitou confirmar o time titular. Presença certa é a do estreante na competição, o goleiro Lee, que entra na vaga de Viáfara, suspenso.
A entrada do meia Rafael Cruz na vaga do lateral-direito Nino Paraíba, lesionado, também está confirmada. As indefinições são Fernando ou Bida no meio campo, e Schwenck ou Júnior no ataque.
“A nossa equipe vem fazendo bons jogos. Temos que continuar com a atenção em alta para não sermos surpreendidos”, destacou meia Elkeson, de 21 anos, um dos destaques da equipe.O segundo jogo decisivo entre Santos e Vitória está marcado para a próxima quarta-feira, às 21h50min, no Barradão


SANTOS X VITÓRIAData: 28/07/2010 (quarta-feira)Horário: 21h50 (horário de Brasília)Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)Árbitro: Leonardo Gaciba (Fifa-RS)Auxiliares: Altemir Hausmann (RS) e Roberto Braatz (PR)


SANTOSRafael; Pará, Bruno Aguiar, Durval e Alex Sandro; Arouca, Wesley e Paulo Henrique Ganso; Neymar, Robinho e André (Marcel).Técnico: Dorival Júnior


VITÓRIALee, Rafael Cruz, Wallace, Anderson Martins e Egídio; Vanderson, Neto Coruja, Fernando (Bida) e Ramon; Elkeson e Schwenck (Júnior).Técnico: Ricardo Silva

.

.Att:. Marcel .........Santista do abc

É HOJE !!!

    "VAI LÁ , VAI LÁ VAI LÁ ...
VAI LÁ DE CORAÇÃO ...
VAMOS SÃO PAULO, VAMOS SÃO PAULO ...
VAMOS SER CAMPEÃO !!!"

Abs
Ðan Castanho - TRI Mundial !!!

terça-feira, 27 de julho de 2010

As Voltas que o Mundo da ...

*
   O Pesadelo da torcida voltou ...

 

No video, percebe-se o quanto o Washington é querido pela torcida do Flu
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
*Fonte: Globo
Abs
Ðan Castanho

Monstro do Timão...

De pedreiro à seleção, Jucilei vive dia de estrela depois da 1ª convocação
Monstro, como foi chamado pelo técnico Mano Menezes no Timão, promete dar a vida para agarrar chance na seleção e não crê que a camisa pesará

O volante de 22 anos, aliás, viveu fortes emoções nas últimas horas. No momento da convocação, fazia compras em São Paulo e não acreditou quando um amigo lhe avisou por telefone. Pouco depois, pôde comemorar com a família a primeira chance na seleção brasileira, deixando para trás um passado de dificuldades em São Gonçalo, Rio de Janeiro.
Jucilei perdeu a mãe aos 13 anos e praticamente não conviveu com o pai. Assim, acabou criado pelos avós. Ainda criança, trabalhou como servente de pedreiro. O salário de apenas R$ 450 servia para ajudar no sustento dos familiares.


Novos exames constatam problemas e Gilmar não assinará com o Timão
Testes realizados detectaram alteração durante a prova de esforço e arritmia cardíaca. Atacante será devolvido ao Guingamp, da França

O atacante Gilmar apresentou alteração durante a prova de esforço e arritmia cardíaca.
Segundo protocolo clínico do Departamento Médico do Corinthians, não é recomendável sua liberação para atividade física profissional imediata.
Em decorrência desse fato, o atleta não terá nesse momento o contrato efetivado com o clube



Com fama de esquentado, Adilson promete mudança: 'Eu melhorei'
Treinador diz que está mais calmo e prega manter o bom ambiente da era Mano Menezes para não tirar o Timão da briga pelo título do Brasileirão

Antes de ir embora, Mano Menezes fez um alerta sobre o temperamento explosivo do novo técnico do Corinthians, Adilson Batista. Nesta terça-feira, em sua apresentação oficial, o treinador reconheceu que é bastante explosivo, mas garantiu que está bastante mudado em comparação com o que mostrou no Cruzeiro.

- Não teve jogo ainda, hoje está bem tranquilo (risos). A tendência das pessoas é melhorar com o passar dos anos. Sempre vou defender o clube com a minha maneira de pensar. Nada contra os outros profissionais. Mas eu melhorei. Podem ter certeza disso. Espero ter tranquilidade e discernimento – afirmou.

O pouco controle emocional de Adilson Batista, aliás, foi motivo de uma brincadeira do atacante Ronaldo no Twitter. O Fenômeno postou em sua página uma frase dando as boas-vindas ao novo treinador com um vídeo em que ele aplica um carrinho em uma placa de publicidade após um gol do Cruzeiro contra o Santo André, no Mineirão, pelo Brasileiro do ano passado.

Apesar do temperamento diferente de Mano Menezes, o novo treinador aposta no bom relacionamento com o grupo para conseguir manter o Corinthians na briga pelo título. Além disso, garante que não fará grandes alterações no que vinha sendo feito pelo antigo comandante.

- Acredito no trabalho, na dedicação, no bom ambiente, na qualidade dos jogadores, na estrutura e na torcida. Um bom ambiente proporciona muita coisa. Espero ter a mesma organização, disciplina e dando liberdade para quem precisa, cobrando posicionamento. Vai ser um time parecido – completou.

Att.

Ale Souza - Fiel Torcedor

Com gritos histéricos, garotas comparecem à Vila Belmiro para tietar


Gritos histéricos, pedidos de fotos, autógrafos e até de casamento. Os Meninos da Vila já vinham sentindo desde o Campeonato Paulista o gosto da fama. Após a convocação anunciada pelo novo técnico da Seleção Brasileira, Mano Menezes, na última segunda-feira, os garotos alvinegros viram essa popularidade crescer ainda mais. Nesta terça-feira pela manhã, o Santos realizou o treinamento aberto para a torcida na Vila Belmiro.
As meninas compareceram em peso, mesmo com o tempo chuvoso, e ensurdeceram quem estava à beira do campo. Robinho, Neymar, Ganso e André, os quatro santistas chamados por Mano, ouviram de tudo. No total, cerca de duas mil pessoas compareceram ao último trabalho do time antes da final da Copa do Brasil, contra o Vitória. Parecia até show de banda pop adolescente.- "Robinho, casa comigo. Eu cuido do seu filho". "Neymar, seu magrelinho gostoso!". Esses foram algumas das frases das fãs empolgadas
Ao entrarem no gramado, os jogadores acenaram para o público. Durante a atividade, entre uma cobrança de escanteio ou uma batida de falta, mais um tchauzinho discreto para a torcida. O técnico Dorival Júnior comandou um treinamento tático.
- É muito legal receber esse carinho da torcida. Esperamos representar bem para retribuir amanhã (quarta-feira) - afirmou Neymar.


Nesta quarta-feira, às 21h50, na Vila Belmiro, o Peixe começa a decidir o título da Copa do Brasil com o Vitória. O treino que antecedeu a final foi aberto para começar a esquentar o clima. O jogo de volta será dia 4 de agosto, em Salvador.

.

Att:. Marcel................Santista do abc

Dorival recoloca André na disputa por vaga e mantém indefinição no Santos


Dorival Júnior preferiu não revelar a definição da última vaga da equipe para a primeira partida da final da Copa do Brasil contra o Vitória, quarta-feira, às 21h50min, na Vila Belmiro. O treinador ainda aumentou o mistério ao acrescentar André como possível titular. Os demais concorrentes são Marquinhos e Marcel. A escolha será revelada apenas minutos antes da partida.
Nas duas últimas partidas da equipe, contra Atlético-PR e São Paulo, Dorival deixou André no banco de reservas, e desta forma indicou a saída do centroavante na decisão da competição. A convocação do jogador para a seleção brasileira, no entanto, pressiona o treinador.
André é o vice-artilheiro santista na temporada, com 26 gols, e o preferido do elenco para atuar como titular. Porém, o rendimento ruim após a negociação com o Dínamo de Kiev-UCR o atrapalha. O centroavante ainda não balançou a rede no segundo semestre.
“O fato de ser convocado não vai pesar na minha decisão. Não é a venda (para o Dínamo) que faz o jogador cair do rendimento, e nem a convocação que faz ele crescer”, comentou Dorival.
O treinador garante que a taticamente a equipe já está definida. Sendo assim, com a entrada de Marquinhos, o Santos vai atuar no 4-4-2. Caso Marcel, ou André, seja o escolhido, Robinho deve ser recuado para atuar como meia."A definição final vai depender do momento. É sentir a confiança de cada jogador. Ainda vou consultar o meu filho sobre isso (definição da última vaga)", brincou o treinador.
Para o primeiro duelo da final, Edu Dracena e Léo estão suspensos. A vaga do zagueiro será ocupada por Bruno Aguiar. Já a presença do lateral na segunda partida também é incerta por conta de uma lesão muscular na coxa. Seu substituto na partida de ida será Alex Sandro.


O provável time do Santos para encarar o Vitória na primeira partida da final é: Rafael, Pará, Bruno Aguiar, Durval e Alex Sandro; Arouca, Wesley, Marquinhos (André) (Marcel) e Paulo Henrique Ganso; Neymar e Robinho.


.
Att: Marcel ...............Santista do abc

Apresentação de Ricardo Oliveira

*
*
   Exatamente um dia antes do primeiro jogo da semifinal da Libertadores contra o Internacional, que será nesta quarta-feira,às 21h50m, em Porto Alegre, o São Paulo apresentou um importante reforço para a reta final da competição: Ricardo Oliveira, que em 2006 fez parte da campanha do vice-campeonato tricolor no torneio, mas não disputou a segunda partida da final, curiosamente contra o Colorado, por ter o contrato encerrado antes. O atacante retorna ao clube por empréstimo até dezembro, com opção de renovar, e já chega se colocando à disposição do técnico Ricardo Gomes para o duelo desta quarta. Além de prometer ajudar dentro e fora de campo, mesmo sem estar 100% (volta de uma cirurgia no joelho esquerdo), o jogador vive a expectativa de atuar pelo menos alguns minutos nesta partida, já que Gomes admitiu essa possibilidade.
Confira os principais trechos da entrevista coletiva do reforço.

Chance de jogar pelo menos 30 minutos nesta quarta


"Se o treinador disse que existe essa chance é porque viu a forma como me comportei durante a semana com os companheiros nos treinos. Evoluí muito no trabalho com bola e em simulações de lances de jogo. Estou à disposição para ajudar o time, jogando ou não. Vou incentivar o grupo, que é muito forte. Não existe dor, existe apenas uma necessidade do lado físico para aprimorar a forma. Fiz coletivo, treinei com bola e estou à disposição.".

Tristeza por não ter jogado a decisão de 2006 (o Bétis não aceitou prorrogar o contrato)

"Fiquei muito chateado na época porque era a chance de tentar conquistar um título da Libertadores e não me deixaram jogar. Mas não ficou mágoa. Hoje tenho a oportunidade de jogar a semifinal, e logo contra o Internacional, adversário da decisão de 2006. Eu tinha uma grande ilusão de conseguir o título".

Volta após cirurgia no joelho, assim como em 2006, quando enfrentou o Inter, mas pelo Brasileiro

"Em 2006, a minha volta aos gramados foi exatamente no Sul contra o Internacional. Joguei 15 minutos naquela esperança de poder ir para a Copa do Mundo. Acabei ficando fora. Mas estou super feliz por estar de volta. Agora tenho outra oportunidade de voltar a jogar após cinco meses parado e novamente contra o Inter. Em duas finais de Libertadores eu bati na trave. Ter um vice-campeonato foi importante, mas não marca, porque o que marca é ser campeão. Agora tenho uma terceira chance de, com os meus companheiros e com o apoio da diretoria e da torcida, conseguir esse tão esperado título pelo lado pessoal e para a torcida do São Paulo".

Capacidade de superar desentrosamento

"A forma que o time joga não tem segredo. Já fiz três treinamentos em situações reais de jogo com o grupo. Mas a forma de jogar do time eu sei perfeitamente, não vai ter problema nenhum se eu precisar entrar em campo".
*Fonte: Globo

                      
Opinião

   Agora SIM, esta oficializado essa baita contratação, e que com isso venha também os gols e grandes vitórias !

Abs
Ðan Castanho - TRI Mundial !!!

Washington FORA... volta ao Fluminense...




Washington não viaja para o sul e tambem não veste mais a camisa do São Paulo, com a chegada de Ricardo Oliveira ele vê seu espaço diminuir ainda mais e decide fazer as malas devolta para o Fluminense.

Por: Reeisper.

segunda-feira, 26 de julho de 2010

Ricardo Oliveira registrado na CBF

*
  
Tricolor já enviou documentação do atacante para a Conmebol nesta segunda-feira. Mas, mesmo inscrito, jogador não deve atuar quarta

   O atacante Ricardo Oliveira está oficialmente regularizado na CBF. O nome do atleta apareceu no BID (Boletim Informativo Diário) da entidade na tarde desta segunda-feira, com contrato até o dia 20 de dezembro deste ano (renovável por mais seis meses).
   Após a confirmação, o São Paulo enviou à Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol) a documentação para inscrever o jogador para a disputa das semifinais da Taça Libertadores. O time encara o Internacional nesta quarta-feira, às 21h50, no Beira-Rio, pelo primeiro jogo, mas Oliveira não deve participar por ainda não estar em totais condições físicas após se recuperar de uma cirurgia no joelho esquerdo. Ele pode ser um reforço importante para o duelo no Morumbi, no dia 5 de agosto.
   Ricardo Oliveira seria apresentado oficialmente nesta segunda, mas a primeira entrevista coletiva foi transferida para esta terça, após o treino. No mesmo dia, o elenco viaja para Porto Alegre já para se concentrar para o duelo de quarta-feira.

Fonte: Globo / Foto: Daniel Perrone
Opinião

   Que MILAGRE  a CBF  não ter atrazado a inscrição do atleta para atrapalhar a vida do Tricolor ... Será que ficaram pensando na convocação do Mano e esqueceram de nos prejudicar ??? 
 Vai saber ...

Abs
Ðan Castanho - TRI Mundial !!!

"Brunito" o Tevez do ABC, o novo xodó da Fiel!


Mesmo machucado, Ronaldo continua como principal estrela do Corinthians. Entre aqueles que estão jogando, Roberto Carlos é quem tem o nome mais forte. Mas a sensação do momento se chama Bruno César. Desconhecido do grande público até chegar às finais do Paulistão com o Santo André, o meia conquistou a Fiel em pouco tempo. Agora já é uma referência para o torcedor nas ruas.
- Após o jogo contra o Santos (na quinta rodada), começaram a me reconhecer nas ruas. Você vai sentindo isso mudar. As pessoas perguntam do Ronaldo, do Roberto Carlos e falam que eu entrei bem na equipe. Fico muito feliz pelo reconhecimento – contou Bruno César, de 22 anos, enquanto visitava o Memorial do Corinthians, no Parque São Jorge, e dava alguns autógrafos e tirava fotos com os fãs.
Autor de dois gols na vitória por 3 a 1 sobre o Guarani, domingo, no Pacaembu, Bruno César pulou para artilharia do Brasileirão, com seis gols. Ele divide o posto com Alecsandro, do Internacional, e com Roger, que deixou o Guarani durante a pausa para a Copa do Mundo. Mostrando personalidade, o meia torce pelo retorno de Ronaldo e valoriza a sua chegada ao time alvinegro.
- A ansiedade é grande para jogar com o Ronaldo. Mas sabemos que ele tem de voltar 100% para render muito. Antes, a reclamação era que o time não criava. Agora, falam que estamos errando nas finalizações. Acredito que comigo deu uma diferenciada no meio. Quando o Ronaldo voltar, vamos acertar – declarou o armador, destaque não só ao balançar as redes, mas também nas assistências.


Totalmente adaptado ao Corinthians, Bruno César é da turma do brincalhão Dentinho, mas no vestiário quem fica perto do meia são os galácticos.
- Eu estava tímido no dia em que cheguei, mas todo mundo veio falar comigo. O grupo é muito bom, me recebeu muito bem. No começo foi diferente porque estava chegando a um grande clube. Os armários do Ronaldo e do Roberto são em frente ao meu... (risos) – falou o camisa 11 do Timão.
Nascido em Santa Bárbara d'Oeste, no interior de São Paulo, Bruno ainda não teve uma sequência longa em um só clube na carreira. Começou no União Barbarense e foi para as categorias de base do Bahia em seguida. Teve passagem rápida no São Paulo e no Grêmio. E mais recentemente jogou no Noroeste e no Santo André.
- Eu passei por vários clubes, mas não ficava mais de um ano. Cheguei a achar que não conseguiria me firmar no futebol profissional - disse o meia.
*
Tevez ou Ricardinho?
Quando foi contratado pelo Corinthians, logo após o Paulistão, Bruno César desembarcou no Parque São Jorge já com o apelido de Tevez do ABC. Isso porque algumas pessoas o consideram parecido com o argentino Carlitos Tevez, ídolo do Timão nas temporadas de 2005 e 2006.
- Olha essa cicatriz aqui. Eu não tenho isso. Sou mais bonito – brincou o meia alvinegro, ao olhar uma das fotos de Tevez no Memorial do Corinthians.
Concordando ou não, Bruno César está acostumado a ser comparado a grandes jogadores. Ao menos na fisionomia. Quando adolescente, em Santa Bárbara d’Oeste, ele era chamado de Ricardinho, que de destacou no Corinthians no final da década de 90 e no começo de 2000.
- Quando era garoto, gostava muito do Ricardinho. Diziam até que éramos parecidos por causa do cabelo curtinho. Uma vez, o Corinthians jogou contra o União Barbarense, e eu fiquei na saída do vestiário esperando por ele. Mas, quando ele apareceu, fiquei tímido de pedir uma foto. Agora, o encontrei no jogo contra o Atlético-MG, mas não conversamos – disse Bruno, que fez o gol da vitória sobre o Galo.
*
‘Salve o Corinthians, de tradições e glórias mil...’

A frase do hino do Timão que Bruno César mais gosta de ouvir É "Salve o Corinthians, de tradições e glórias mil". Seja no estádio ou em casa. Durante a visita ao Memorial do Corinthians, no Parque São Jorge, ele destacou isso. Mas também falou sobre a Fiel, logo depois de passar em sala com forte sistema de som que simula a torcida no Pacaembu.
- A torcida é diferente. Parece que você nunca joga fora de casa. Eu consigo ouvir as músicas do campo e isso dá vontade de correr mais, de recuperar a bola. A que mais gosto é a do 'Bando de Loucos'. É bem legal – falou o armador.
Fonte: globoesporte.com.br
*
Não foi dessa vez, mas esse garoto vai longe agora que o Mano tá na seleção e só esperar para ele fazer dupla com o Ganso!
Abçs
DMazzaro

A Primeira convocação de Mano Menezes

*
*
Veja abaixo a 1º convocação
de Mano Menezes
      
*Fonte: Globo
Opinião

   Sinceramente a primeira impressão da convocação de Mano Menezes não me agradou, nada contra o novo treinador, apenas discordei de alguns nomes. Mesmo ele tendo optado por convocar alguns jogadores com idade olímpica (menos de 23 anos).
    Os nomes de André, Jeferson, Henrique, Réver e Jucilei (volante), não são nomes que mesmo sendo bons jogadores a maioria esperava ver de imediato na seleção e explicarei o pq eu não os teria convocado AGORA.

André (atacante) Eu teria chamado o Fred ou o Kléber Gladiador
Jeferson (goleiro) Acho que seria mais justo chamar o Fábio do Cruzeiro
Réver (zagueiro) Acabou de chegar ao Atlético MG, e se voltou logo do exterior é pq não estava em grande fase por lá
Henrique(Zagueiro) Outro que vive sendo mencionado em possíveis negociações, e embora seja do Barcelona, foi emprestado sem ter a chance de jogar pelo clube catalão.
Jucilei (volante) Essa foi a pior, o cara chamou o reserva e deixou de lado o titular do Timão Elias, eu penso que o Mano foi no mínimo incoerente nisso.

   Mesmo não concordando, é cedo para falar algo mais crítico, vamos deixar o Mano trabalhar e ver como ele se sai, acredito que haverá uma consideravel melhora, pois eu o considero um treinador muito, mais MUITO , melhor do que o anterior que comandou a seleção na África.
   Mas se ele vai se firmar, só o tempo vai dizer ...

Abs
Ðan Castanho*

domingo, 25 de julho de 2010

E São Paulo ...

*
   *
   É ...
   E mais uma vez ficamos devendo futebol, porém agora temos a "desculpa" de ter jogado com um time no mínimo misto, o que não é motivo nenhum para se desculpar pelo resultado.
   Achei uma partida fraca tecnicamente, com as duas equipes bem abaixo do que pode apresentar em campo, se São Paulo e Santos jogarem no meio de semana como hoje, acredito que terão  grandes problemas com os adversários. Ainda mais o Tricolor que além de estar em queda pegará um time em ascensão, o Colorado vem melhorando e ganhando confiança para os jogos da Libertadores, bem diferente do time paulista.
   O fato é que depois que voltou a jogar, o time comandado pelo limitado Ricardo Gomes só tem decepcionado não só sua torcida mas a todos que acreditavam que o time podia(PODE) passar pelo Internacional e disputar a final do maior campeonato das Américas.
    A vinda do goleador Ricardo Oliveira dá mais esperança ao torcedor, pois o atacante na sua primeira passagem pelo Morumbi fez SUCESSO e ele pode repetir o mesmo caminho nesta segunda passagem, com isso ajudando o time a voltar ao caminho das conquistas.

Abs
Ðan Castanho

Ps: Ah e só pra não esquecer ...
*
   ACORDA JUVENAL ..."FORA RICARDO GOMES"

Fiel aplaude de pé e Mano prefere dizer só um até breve!!!


Treinador deu a volta olímpica pelo pacaembu e foi atirado para o ar pelos jogadores.
Assim que o árbitro apontou o meio-campo, com a vitória do Corinthians sobre o Guarani por 3 a 1, o técnico Mano Menezes começou uma "volta olímpica" pelo Pacaembu. Cerca de 25 mil pessoas o aplaudiram de pé, aos gritos de "Ão, Ão, Ão Mano é seleção". Jogadores, então, fizeram um corredor polonês na entrada do vestiário para recepcionar o ex-treinador, que na segunda-feira, assume o Brasil na CBF.No entanto, jogadores erguem o treinador e o jogaram para o ar por três vezes. "Eu posso ter conquistado essa torcida, mas ela me conquistou também", falou, com a voz embargada. "Com certeza, não direi adeu e sim até breve. Se caminhar para frente é voltar para o Corinthians, eu retornarei", garantiu.
Fonte: Chicolangpress
Mano deixa o Corinthians líder do Campeonato, agora torçamos para o Adílson se encaixar com os jogadores e caminhar rumo ao PENTA... PENTA?...Isso é com...RONALDO!kkkk
Obrigado Mano, sua passagem pelo Corinthians entra para a história, por que depois de 3 anos a frente dessa nação, não há nenhuma outra que possa lhe meter medo! Sucesso!
Abçs
DMazzaro

Conheça quem pode aparecer na lista de Mano


Primeira convocação do novo técnico terá apenas 'jogadores nacionais'


A primeira convocação de Mano Menezes na Seleção Brasileira (para amistoso contra os Estados Unidos, em 10/8), que acontecerá nesta segunda-feira, contará apenas com jogadores que atuam no futebol brasileiro. Como a maioria dos que atuam no exterior ainda se encontra em pré-temporada com seus clubes, a liberação junto aos mesmos demandaria um pouco mais de esforço.
Ao ataque, Mano! Confira:
Além de não poder convocar os “europeus”, Mano Menezes também não poderá chamar jogadores do São Paulo e do Internacional, já que os times se enfrentam no dia 5/8 pela segunda semifinal da Libertadores.
Sendo assim, alguns nomes ganham mais força para a lista de Mano Menezes (confira abaixo os possíveis selecionáveis).
GOLEIROS
Provável nome na primeira convocação de Mano, Victor, do Grêmio, foi sempre muito elogiado pelo treinador e deve ser um dos goleiros que estarão na lista.
LATERAIS
Mano dá muito valor ao aspecto defensivo dos laterais. Roberto Carlos está bem e quer uma despedida com a Amarelinha. O lado direito tem poucas opções atualmente.
ZAGUEIROS
Mano sempre rasgou elogios para William, mas a idade não ajuda. Réver, que voltou para o Atlético Mineiro, tem boas chances. Assim como Alex Silva e Miranda, do São Paulo.
VOLANTES
Mano gosta de volantes que saibam sair para o jogo. Nesse perfil, Elias, do Corinthians, Arouca e Wesley, do Santos, e Hernanes, do Sampa, ganham força.
MEIAS
Ganso parece ser unanimidade, o próprio Mano já o elogiou muito. Diego Souza, que tenta voltar à velha forma, agora no Galo, também já recebeu elogios.
ATACANTES
Neymar tem a cara do que se pede, hoje em dia: joga no Brasil e é jovem. Além dele, Fred, do Fluminense, está muito bem. Dentinho, do Timão, tem a confiança dele.


Fonte: Lancenet


Nessa lista acrescente também Bruno Cesar fazendo dupla com o Ganso, o tão aclamado meio campo amardor que o Brasil não tinha e Chicão pra zaga.


Abçs

DMazzaro

Com um gol contra, Santos vence o classico contra Sao Paulo


O único gol do jogo foi contra, marcado por Renato Silva, e a equipe da Baixada venceu por 1 a 0, encerrando uma série negativa de três derrotas.
Além disso, o clube alvinegro manteve a hegemonia sobre o rival. Em 2010, aconteceram quatro clássicos, com quatro vitórias santistas.
As duas equipes adotaram formações desconhecidas aos torcedores. Isso porque o foco está nos compromissos do meio de semana, quando o Santos recebe o Vitória em casa, jogo de ida pela final da Copa do Brasil, e o São Paulo vai a Porto Alegre enfrentar o Inter, nas semifinais da Libertadores.
Dorival Júnior escalou alguns titulares, como os zagueiros Edu Dracena e Durval os astros Paulo Henrique Ganso e Neymar. Já Ricardo Gomes mandou a campo o capitão Rogério Ceni, Richarlyson e mais nove reservas.
A partida começou em um ritmo lento. Os donos da casa mantiveram a posse da bola, porém com pouca movimentação para superar a retranca são-paulina.
A melhor chance de gol saiu em um lance de bola parada, aos 11min. Em cobrança de falta quase na linha da área, Marquinhos bateu rasteiro, Ceni espalmou e ainda defendeu à queima-roupa o chute de Neymar no rebote
De resto, poucas emoções no clássico. Os visitantes atuaram com Fernandinho isolado pela esquerda e Marcelinho Paraíba do outro lado, sem uma referência na área. Cleber Santana era o único meio-campista que tentava se aproximar, mas não fez a diferença.
As duas oportunidades do time tricolor ocorreram em chutes de longa distância. Richarlyson e Marcelinho Paraíba arriscaram o arremate e Rafael realizou duas boas defesas.
Na saída para o intervalo, o meio-campista Jorge Wagner apontou a ausência de atletas no campo ofensivo como o principal defeito são-paulino. “Falta encostar um pouco mais na frente já que tivemos oportunidade de chegar. Conseguimos nos organizar atrás e puxar os contra-ataques. Só falta colocar mais gente na frente”, comentou.
Do outro lado, o capitão Edu Dracena falou sobre a falta de pontaria santista. “Tivemos posse de bola, mas na hora da finalização não conseguimos acertar. Precisamos melhorar isso.”
O cenário pouco se alterou para o segundo tempo. O São Paulo até voltou melhor, mas o gol saiu para o time alvinegro, aos 15min. Após cruzamento na área de Maranhão, o camisa 14 tricolor tentou afastar e mandou para as redes.
Em desvantagem, Ricardo Gomes apostou em Washington, Hernanes e Marlos. O centroavante quase empatou com uma cabeçada no travessão.

SANTOS 1 x 0 SÃO PAULO

Att: Marcel............Santista do abc.

Golaço ... de Penalti

*
   O título da Copa do Mundo deixou a Espanha em êxtase. E também deu muita confiança ao futebol do país. Prova disso é o pênalti batido pelo jovem Ezequiel, jogador das categorias de base do Bétis, durante a vitória de 3 a 0 da Fúria sobre a Itália pelo Europeu Sub-19.
*
 
*
   Segundo Ezequiel ele imitou um pênalti batido por Henry em um programa de tv que, em vez de bater com o pé “bom”, arrematou a pelota com o pé de apoio (veja mais abaixo). Equilíbrio e muita frieza (ou loucura).
*

 
*
*Fonte: Globo
   ... que categoria !

Abs
Ðan Castanho

sábado, 24 de julho de 2010

O campeão Mundial de Clubes com o Timão vem aí!


Adílson Batista, o zagueiro campeão do Mundo com o Corinthians, segundo os boatos havia recusado uma proposta do São Paulo, pois já tem compromisso com o Timão!


Se for verdade, vamos ver no que dá!


Abçs

DMazzaro

Mano Menezes: do Guarani (RS) à Seleção


Treinador tem histórico de 'difíceis missões' desde o Grêmio em 2005 até o rebaixado Timão, em 2007


Nenhum cidadão de Passo de Sobrado, cidade do interior do Rio Grande do Sul, imaginou que alguém nascido no município teria a responsabilidade que caiu nas mãos de Luis Antônio Venker de Menezes neste sábado: ser o técnico da Seleção Brasileira que estará na Copa do Mundo de 2014, disputada no Brasil.
Nascido em 11 de julho de 1962, o novo comandante do Brasil nunca teve muita habilidade como jogador. Nos três times que passou, o Rosário o Guarani e o Fluminense, todos pequenos clubes gaúchos, só carregou o orgulho de um título amador, conquistado no Guarani (RS). A primeira grande responsabilidade só veio em 1986, quando paralelamente à carreira de jogador, iniciou o curso de Educação Física no Sesi do Rio Grande do Sul.
A carreira de treinador também começou no modesto Guarani (RS). Comandando as categorias de base do clube, Mano Menezes saiu rapidamente para trabalhar com os garotos do Caxias (RS) e depois no Internacional de Porto Alegre. Mas como havia sido desde o início da carreira, foi novamente no Guarani que o técnico teve a sua primeira grande emoção no futebol: o título gaúcho de 2002.


Daí em diante, seu nome passou a ser respeitado no Rio Grande do Sul. Treinou o Iraty e o Brasil de Pelotas, e voltou a trabalhar no Guarani por alguns meses. Mas foi no XV de Novembro que Mano Menezes ultrapassou as fronteiras gaúchas para ganhar notoriedade nacional. Na Copa do Brasil de 2004, o treinador conquistou a incrível 3ª posição, superando times como Palmeiras, Goiás e Fluminense.
Grêmio e a Batalha dos Aflitos
Em 2005, Mano Menezes foi contratado pelo Grêmio com a missão de recolocar o clube na Série A do Campeonato Brasileiro. Porém, o treinador foi além disso. Em dois anos pelo Tricolor Gaúcho, fez história com o título da Série B daquele ano, que ficou marcado pelo jogo contra o Náutico, no Estádio dos Aflitos, em Recife.
O Grêmio precisava vencer o jogo contra o Timbu para se campeão da Segundona, mas o jogo caminhou negativamente para o Tricolor. E aos 35 minutos de segundo tempo o juiz sepultou qualquer esperança gremista ao marcar pênalti para o time da casa. Com quatro jogadores a menos em campo, Mano, jogadores e torcida viram o goleiro Galatto defender a cobrança e, logo em seguida, o meia Anderson marcar o gol da vitória do Grêmio, em um dos jogos mais impressionantes da história do futebol brasileiro.
A boa campanha foi mantida em 2006, quando Mano terminou o Brasileirão em terceiro lugar, garantindo uma vaga na Taça Libertadores da América do ano seguinte, onde chegou à final diante do poderoso Boca Juniors (ARG). No entanto, o treinador não teve êxito e sucumbiu diante do time argentino.
Mano Menezes deixou o Grêmio no final de 2007 para assumir o comando do Corinthians, que também tinha caído para a Série B do Brasileirão. No total, Mano treinou o Tricolor em 169 jogos, obteve 89 vitórias, 35 empates e 45 derrotas, com um aproveitamento de 59,56%. Foram 302 pontos conquistados de um total de 507.
Corinthians - 'O maior projeto do futebol brasileiro'
Depois do rebaixamento para a Série B do Campeonato Brasileiro, o Corinthians contratou Mano Menezes no final de 2007 para apagar o capítulo mais triste da História do clube. Logo no primeiro ano, vários jogadores foram contratados, iniciando uma nova era no clube, que até então vinha de vários problemas dentro de fora de campo.
Em sua apresentação, Mano afirmou que só havia aceitado a missão de comandar o Timão naquele momento porque acreditava ser 'o maior projeto do futebol brasileiro'.
O início, porém, não foi muito positivo. No Campeonato Paulista daquele ano, o Corinthians foi eliminado na última rodada da primeira fase, ao perder para o Noroeste. Porém, o time foi acolhido pela torcida alvinegra, que lotando o Pacaembu em todos os jogos da Segundona e da Copa do Brasil levaram a equipe ao título da Série B e ao vice da Copa do Brasil, depois de perder a final para o Sport.
Em 2009, o Timão contratou Ronaldo Fenômeno para buscar o título da Copa do Brasil e a tão sonhada vaga na Libertadores. Mas o Corinthians de Mano Menezes foi além. Jogando um futebol bonito, o clube conquistou o Paulistão de forma invicta, depois de jogos épicos contra São Paulo, no Pacaembu e Santos, na Vila Belmiro, e motivou uma nova canção entoada das arquibancadas: "ôô, o Coringão voltou!".
Mas o Corinthians só iria voltar ao topo do cenário brasileiro em julho de 2009, quando conquistou a Copa do Brasil sobre o Internacional, no Beira-Rio.
Em 2010, ano do centenário do clube, todos apostavam que o Corinthians conquistaria o título da Libertadores. Mas não deu. O Timão sucumbiu diante do Flamengo, no Pacaembu, mas viu a fiel torcida, que em outras eliminações até ameaçou invadir o gramado, aplaudir o time.
Mano Menezes deixa o Corinthians com 102 vitórias, 49 empates e 33 derrotas em 184 jogos, em um aproveitamento de 64,4%, para o que é talvez, a maior missão de sua vida: ser técnico da Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 2014.
Fonte: Lancenet.com
Infelizmente, o Mano aceitou o convite da CBF, na minha opinião erroneamente, mas se for pensar como um treinador é o grande trunfo de qualquer um!
Nessa bagunça toda que foi a escolha, gostei ainda mais do Muricy Ramalho o cara foi "macho" ouviu, não comprou a idéia e não se vislumbrou com a oportunidade e nem com Ricardo Teixeira que teve uma atitude de gente ignorante e que não tem um pingo de humildade! Mais uma vez parabéns Muricy Ramalho, gostaria de -lo um dia no Corinthians!
Mano espero que você não me desaponte, limpe a escória da seleção brasileira Kaká, Julio César, Robinho e cia devem ficar no limbo que é o lugar deles!
Abçs
DMazzaro

Agora sim!!! Eu aceito.....

Sem se importar em ser segunda opção, Mano diz 'sim' à Seleção
Treinador do Corinthians confirma acordo com a CBF nesta manhã de sábado e tem a missão de reformular a equipe depois do fracasso na Copa


Devemos ter no futebol brasileiro uns 50 excelentes profissionais. Se sou o segundo, estou bem colocado. E sou segundo (atrás)do Muricy, que admiro muito como pessoa"
Mano Menezes

Mano Menezes disse "sim". Após a recusa de Muricy Ramalho, que preferiu seguir no Fluminense, o técnico do Corinthians afirmou nesta manhã de sábado, em uma rápida entrevista coletiva, no Parque São Jorge, que aceita o convite para ser o substituto de Dunga e ter como objetivo a preparação da Seleção Brasileira para a Copa do Mundo de 2014, no Brasil.

- Como vocês já têm conhecimento, ontem por volta das 19h30m ou 20h, recebi convite oficial da CBF para assumir oficialmente o comando técnico da Seleção. Tivemos uma conversa longa, Ricardo Teixeira e eu, e ele me expôs aquilo que a CBF tem como ideia para o projeto de 2014. Fiz questionamentos importantes, que entendi que deveriam ser feitos para uma análise mais longa, e pedi a ele depois da conversa, com a razão que sempre tento colocar nas minhas decisões, que pudesse encaminhar uma posição oficial a partir de agora. E é isso que vim aqui fazer: confirmar. Eu aceito o convite que o presidente me fez. Vamos ter a partir de agora o encaminhamento de algumas outras situações, porque vocês vão entender que, para mim, o fato é novo desde a noite de ontem. Para todo o Brasil, a partir de agora, digo que aceito o convite - anunciou.

Durante a entrevista, os jogadores Ronaldo, Elias, Dentinho, Julio Cesar, Roberto Carlos, Iarley e Alessandro invadiram a sala de imprensa do Parque São Jorge para cumprimentá-lo. Ao lado, o presidente Andrés Sanches, que contratou o treinador no fim de 2007, logo após o rebaixamento para a Série B do Campeonato Brasileiro, acompanhava tudo com os olhos marejados.

Orgulho por ser o segundo colocado na lista da CBF

Att.

Ale Souza

Pelé visita Santos para apoiar o time antes da decisão da Copa do Brasil


O melhor jogador de futebol de todos os tempos, Pelé, esteve no Centro de Treinamento que leva o seu nome, nesta sexta-feira, para apoiar o time do Santos. O pedido da visita foi feito pelo técnico santista Dorival Júnior e por Edinho, filho do ex-jogador e atual auxiliar de preparador de goleiros. O motivo é claro: a equipe campeã paulista vive fase complicada, vindo de três derrotas seguidas no Brasileirão, e neste domingo enfrenta um clássico contra o São Paulo, na Vila Belmiro. E na próxima quarta-feira, o compromisso é contra o Vitória, também em casa, na partida de ida da decisão da Copa do Brasil.

- Achei que foi um momento bom poder estar aqui hoje (sexta-feira), às vésperas de um jogo importante. E depois, tem a decisão de título (da Copa do Brasil) para o Santos. Costumo vir nesses momentos, porque quando está tudo bem, aparece um monte de amigos, e tudo é festa – disse o Rei do Futebol.

O ex-camisa 10 disse achar que o time continua jogando bem, apesar das derrotas. Ele revelou ter pedido aos jogadores para que mantenham a confiança dentro de campo.

Não pode perder a confiança. Tem que lutar como equipe dentro de campo. Obrigar a vencer não é correto, mas sim, lutar com dignidade. Ganhar ou perder fica nas mãos de Deus. Se Deus quiser, seremos campeões mais uma vez – ressaltou.


O treinador do Peixe, Dorival Júnior, aprovou a visita ilustre às vésperas de compromissos importantes.

- Primeiro, foi uma atitude de grandeza. Não só por tudo que ele representa na vida do Santos e do país, mas dificilmente as pessoas se expõem nos momentos de dificuldades. E talvez, esse seja o primeiro momento de dificuldade do Santos ao longo do ano.

Fonte: Globo

Abraços!!!

Rafael "Cafú" Vitorino

sexta-feira, 23 de julho de 2010

Ricardo Oliveira acerta por 1 ano

*
 
   O São Paulo acertou a contratação por empréstimo de Ricardo Oliveira, que pertence o Al-Jazira, dos Emirados Árabes. O jogador fez trabalho de recuperação de uma cirurgia no joelho esquerdo no Reffis do CT da Barra Funda e segue no clube por mais um ano. A diretoria tenta ainda inscrevê-lo na Conmebol na próxima segunda-feira, mas ele ainda não tem condições físicas para jogar. Com isso, o técnico Ricardo Gomes não conta com o atacante para a primeira partida das semifinais da Libertadores, quarta, contra o Internacional, em Porto Alegre.
   Na manhã desta sexta-feira, Ricardo Oliveira trabalhou no gramado sob supervisão do preparador físico Sérgio Rocha. E conversou rapidamente com a reportagem do globoesporte.com - "Clinicamente, já estou liberado. Agora é recuperar o ritmo de jogo".
   O técnico Ricardo Gomes disse que a recuperação do jogador surpreendeu a todos os integrantes da comissão técnica e possibilitou a chance do acerto.
   "Nós esperávamos uma recuperação mais lenta dele. Mas é impressionante. Observando os treinamentos, já é possível perceber que ele está com uma força considerável. Aparentemente, sua recuperação é excelente. Agora, tenho de esperar pelo fim das negociações para conversar com os médicos e definir uma data de estreia" ressaltou o comandante tricolor.
   Ricardo Oliveira volta a defender o clube do Morumbi em uma Libertadores. Ele disputou a competição pela equipe em 2006, mas não disputou a decisão contra o Internacional porque o seu contrato de empréstimo com o Betis (ESP) havia acabado, e o clube espanhol, que já tinha acertado com Jorge Wagner e Rafael Sobis, do Colorado, não aceitou fazer uma extensão contratual.

Opinião

   GRANDE contratação, só falta trazer um lateral direito, mais um meia não seria nada mal, mas o mais SENSACIONAL seria se fosse contratado um TÉCNICO competente ...
  
 SEJA BEM VINDO NOVAMENTE RICARDO OLIVEIRA !!
 
Abs
Ðan Castanho - TRI Mundial !!!