segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Santos lança navio do centenário a la Corinthians e espera lucro de R$ 850 mil

O Santos realizou na manhã desta segunda-feira na Vila Belmiro o lançamento do Cruzeiro do Centenário. A viagem temática é baseada na realizada pelo rival Corinthians no ano passado e está marcada entre os dias 4 e 7 de março de 2012, ano em que o alvinegro completa 100 anos de fundação. O clube espera lucro de cerca de R$ 850 mil com o cruzeiro temático. “É claro que algumas coisas foram inspiradas na ideia do Corinthians. Mas soubemos de alguns problemas que eles sofreram também, e isso nos ajuda como referência”, disse o gerente de marketing do Santos, Armênio Neto.

O navio escolhido para a realização da viagem foi o Grand Mistral, com capacidade para cerca de 1.700 passageiros. Os valores das passagens variam de US$ 449,00 (R$ 760) a USD 1.611,00 (R$ 2.500). Para fechar contrato com a rede de navios, Ibero Cruzeiros, que opera as viagens do Grand Mistral, o Santos garantiu um valor mínimo de US$ 150 mil dólares (R$ 255 mil) de retorno. Com todas as passagens comercializadas, a expectativa é de que o clube fature cerca de US$ 500 mil (aproximadamente R$ 850 mil).

O clube negocia a presença de ex-jogadores, e vai enriquecer a viagem com várias atrações. Sessões de cinema especiais com filmes sobre os grandes momentos do Santos, mesas redondas com especialistas e ídolos da torcida, além de jantares e festas temáticas estão programadas.
O navio vai partir de Santos e passar por Búzios e Angra dos Reis, cidades do litoral do Rio de Janeiro.

“Acho que tem tudo para dar certo. E não precisamos só realizar o do centenário. Podemos tornar o cruzeiro temático como parte do calendário de atrações do clube, realizar um por ano”, destacou Armênio Neto.


(Uol esporte)


Att: Marcel Henrique

Neymar faz quatro em goleada do Santos

O camisa 11 anotou quatro gols na goleada do time alvinegro por 4 a 1 sobre o Atlético-PR, pela 32ª rodada do Brasileiro. Guerrón marcou o gol de honra dos visitantes, em jogo polêmico por 'lambanças' da arbitragem.
Na verdade, o jovem de 19 anos anotou seis gols, entretanto dois foram anulados. Foi a última oportunidade para ele mostrar seu talento à Fifa antes do anúncio dos 23 finalistas ao prêmio Bola de Ouro de 2011, que será realizado na terça-feira. Segundo a imprensa europeia, o craque da Vila figura em uma pré-lista de 50 nomes.
Com o triunfo em casa, o Santos atinge os 45 pontos que Muricy Ramalho considera suficientes para não haver nenhum risco de rebaixamento. Assim, a equipe da Baixada pode se concentrar de vez no Mundial de dezembro. Já o Atlético segue na zona de rebaixamento, com 31 pontos.
A arbitragem foi confusa. O primeiro lance discutível da partida ocorreu com menos de dois minutos de bola rolando, quando Alan Kardec chutou e o goleiro Renan Rocha fez grande. Neymar correu para o rebote, Cleber Santana chegou antes na bola e deu um tranco com o ombro no santista. O árbitro marcou pênalti, para revolta dos visitantes.
Neymar bateu bem, no canto, a bola ainda tocou na trave e entrou, enquanto o camisa 1 do Atlético caiu para o outro lado.
O time paranaense respondeu no minuto seguinte, com um chute de fora da área de Cleber Santana. Rafael espalmou pela linha de fundo. Foi a única defesa do camisa 1 alvinegro na etapa inicial, embora o Atlético tenha criado mais jogadas ofensivas.
O Santos teve um gol anulado de Neymar aos 23min. O jovem de 19 anos marcou de cabeça, após rebote de Renan Rocha, porém o assistente já havia assinalado impedimento de Rentería no início do lance.
Aos 42min, o segundo lance polêmico do jogo. Neymar aproveita assistência de Danilo e, sozinho na área, toca na saída do goleiro. A arbitragem valida o gol.
Os jogadores do time rubro-negro passam a pressionar o auxiliar, pedindo impedimento de Alan Kardec, que estava na direção da bola, no passe de Danilo, e fingiu não participar do lance. Um minuto depois, a arbitragem voltou atrás e anulou o gol, para revolta dos santistas.
“Ele deu o gol, mas com a pressão dos jogadores do Atlético acabou voltando atrás. O Alan Kardec deixou claro que não estava no lance. É absurdo acontecer isso aí”, esbravejou Arouca, na saída para o intervalo.
“O juiz foi bem, o bandeira foi bem, porque realmente estava impedido. Se foi em direção a ele [Alan Kardec] está impedido”, rebateu Paulo Baier. O capitão do Atlético foi quem mais reclamou e fez o juiz e o bandeira voltarem atrás no lance.
O segundo tempo começou a todo vapor, com três gols em 11 minutos. Aos 6min, Paulo Baier cobrou escanteio fechado, Guerron subiu e, quase em cima da linha, estufou a rede de cabeça.
A resposta alvinegra ocorreu em dose dupla. Aos 9min, Neymar converteu pênalti sofrido por Edu Dracena. Dois minutos depois, Manoel caiu na área e não conseguiu cortar um lançamento para Neymar, que finalizou com categoria na saída de Renan Rocha.
Aos 25min, o craque da partida fechou a placar com um golaço, ao deixar o marcador para trás, invadir a área chutar com perfeição.

Opnião:
Foi o diferencial em campo, com dribles geniais e seis gols, embora 'só' quatro tenham sido validados

(Uol esporte)

Att: Marcel Henrique

Cansado de apostas, Felipão espera ter jogadores experientes em 2012

  Com dificuldades financeiras para fazer contratações neste ano, o Palmeiras teve que se reforçar com atletas que ainda buscam espaço no cenário do futebol nacional e estão longe de ser realidade. Com o aval do técnico Felipão, alguns desconhecidos chegaram ao clube, não renderam o esperado e agora o time tem que se contentar em conseguir uma vaga na Sul-Americana e ficar atento para não entrar na zona de rebaixamento.
  Para o próximo ano, o treinador Felipão pretende fazer uma reformulação geral e quer contar com atletas que já rodaram pelo futebol, tenham currículo e possam contribuir para que o Palmeiras volte a conquistar títulos
 "Não podemos ter jogadores para compor o grupo aqui no Palmeiras, não vamos fazer apostas novamente. Temos que ter jogadores que já jogaram em alguns times e tenham experiência" – declarou Felipão
  O treinador que trouxe Ricardo Bueno, Pedro Carmona, Rivaldo, Luan, Fernandão, Gerley, entre outros, parece estar arrependido e não quer correr riscos novamente. Por isso já passou uma lista de reforços para diretoria com nomes conhecidos e que possam ajudar o Verdão em 2012.
  Os dirigentes do Palmeiras também estão com o mesmo pensamento de Felipão e já declararam que terão dinheiro em caixa para as contratações. Resta saber se terão capacidade para realizá-las e se conseguirão seduzir os jogadores experientes com suas propostas.
*Fonte: Globo
Abs
Dan Castanho

domingo, 30 de outubro de 2011

JOGÃO !! Grêmio 4 x 2 Flamengo


SHOW DE BOLA !!!!
Abs
Dan Castanho

Vasco para em milagres de Denis, empata com São Paulo e perde ponta

  Substituto de Rogério Ceni, Denis foi o principal personagem e, com pelo menos dois milagres, segurou o Vasco em São Januário e garantiu empate para o São Paulo, neste domingo. Especialmente na segunda etapa, o goleiro apareceu com intervenções importantes e segurou um 0 a 0 que, somado à vitória do Corinthians, tirou a liderança dos vascaínos. 
  O Vasco, agora segundo colocado, tem 58 pontos - os corintianos também têm 58, mas lideram com uma vitória a mais. O São Paulo, com 50 pontos, foi ultrapassado pelo Internacional, agora com 51, e caiu para sétimo. O Figueirense, também com 50, é oitavo nos critérios de desempate.
  Em busca novamente da primeira posição, o Vasco volta a jogar no próximo domingo e contra outro time paulista: o Santos, na Vila Belmiro, às 17h (de Brasília). No sábado, o São Paulo também viaja atrás de uma vitória e pega o Bahia, em Salvador, às 19h.

Vasco para nas mãos de Denis

  Líder do Campeonato Brasileiro, o Vasco precisou administrar desfalques importantes de Fagner e Diego Souza, que levaram o terceiro cartão amarelo diante do Bahia. Cristóvão Borges, que havia indicado Bernardo para o time titular, adotou formação cautelosa com Fellipe Bastos. Allan, que fazia parte do primeiro time na Copa do Brasil, também foi escalado. 
  Em seu retorno ao São Paulo, Emerson Leão resolveu, após reestrear com derrota, adotar uma tática que deu sucesso em outros tempos. Assim sendo, a equipe são-paulina jogou com três zagueiros: João Filipe, Xandão e Rhodolfo. Quem também ganhou chance foi Willian José, lançado por conta da suspensão de Dagoberto e a lesão de Luís Fabiano. Rogério Ceni, machucado, também não jogou.
  Bem fechado e com chegada forte à frente, o São Paulo equilibrou as ações e até ameaçou Fernando Prass. Já aos 2min, Carlinhos Paraíba acertou chute de fora da área e exigiu trabalho do goleiro vascaíno. O Vasco reagiu com Juninho Pernambucano, que bateu da entrada da área e parou em Denis. 
  A primeira etapa ainda teria dois momentos agudos. Willian José, único atacante de ofício do São Paulo, acertou um petardo, mas Fernando Prass pegou. Elton, na melhor chegada do vasco, recebeu na grande área, girou sobre a marcação e bateu rente à trave. 
  O Vasco voltou do intervalo mais disposto na procura pela vitória e, já com 4min, Allan disparou pela direita, invadiu a área e finalizou com violência em cima de Denis. O goleiro são-paulino reapareceu com mais duas grandes defesas: aos 29min e aos 30min, ele fez milagres em cabeçadas de Elton e Dedé.
  Emerson Leão tentou renovar o fôlego de seu time e promoveu três trocas na frente, com Rivaldo, Cañete e Henrique, mas o São Paulo terminou a partida fechado atrás. Denis reapareceu com mais uma ótima defesa em chute violento de Nílton, naquela que foi a última chance boa do Vasco, agora segundo colocado.
*Fonte: Terra
Abs
Dan Castanho - TRI Mundial !!!

sábado, 29 de outubro de 2011

Denis: "Quero fazer o meu melhor para ser lembrado"


  Dia 16 de agosto de 2009. Já faz um bom tempo, mas não o suficiente para sair da memória do goleiro Denis. No Campeonato Brasileiro daquele ano, na vitória sobre o Sport por 2 a 1, na Ilha do Retiro, o camisa 33 foi titular pela última vez da equipe do São Paulo.
  Longa espera que chegou ao fim. Com dores no tornozelo esquerdo, Rogério Ceni está vetado para a partida contra o líder Vasco, no próximo domingo, em São Januário. Com isso, Denis já está confirmado pelo técnico Emerson Leão diante do time carioca.
  Na atual temporada, Denis atuou em duas oportunidades. Uma delas foi justamente em São Januário. Na estreia do Tricolor no Brasileiro, Denis entrou no segundo tempo do triunfo diante do Fluminense por 2 a 0, com gols de Lucas e Dagoberto.
 "Este tinha sido o único jogo meu até então em 2011. Estou trabalhando forte, buscando o meu espaço. Fico feliz por o Leão me dar esta confiança e me colocar de titular. Vou procurar fazer o meu melhor para ser lembrado", ressaltou Denis.
  Neste retorno ao time titular, Denis conversou com a reportagem do Site Oficial do São Paulo e admitiu que a falta de ritmo de jogo não será obstáculo. Além disso, o goleiro espera sair do Rio de Janeiro sem ser vazado.

Site Oficial: Foram duas partidas no ano. E a última como titular em 2009. Faltará ritmo de jogo?
 Denis: Tenho de estar pronto sempre. O segundo goleiro pode jogar a qualquer momento. Não são só 133 jogos seguidos do Rogério Ceni, mas faz muito tempo que não sou titular. Sentir é claro que todos sentem um pouco, mas estou treinando forte e não será um obstáculo.

Site Oficial: Desde o último jogo como titular, o quê mudou?

Denis: Eu aprendi mais, estou mais experiente. O Denis de hoje é um pouco mais experiente. Sigo trabalhando sempre forte junto com o Rogério e os outros goleiros também, além do Haroldo (preparador de goleiros). É um Denis mais preparado psicologicamente e fisicamente.

Site Oficial: Quando você vai jogar, o Rogério conversa com você?

Denis: Cada um tem sua técnica e pensamento. Quando eu vou jogar ele me deixa livre para eu impor meu trabalho e mostrar quem eu sou. Todo mundo já faz uma comparação, então eu tenho de impor meu jogo para que as pessoas se lembrem do Denis.

Site Oficial: Além de Rogério, agora você também tem Leão como espelho. Como é trabalhar com ele?

Denis: Tenho de aprender muito com eles. O Leão fala bastante e cobra também. Sabe cobrar o goleiro, pois já foi um grande na posição. Sabe o que é melhor para o goleiro e para a equipe. Para mim isso é muito bom e vou aprender cada dia mais com eles.

Site Oficial: Qual a expectativa de enfrentar o líder Vasco?

Denis: Não tenho dúvidas de que será uma grande partida, com duas equipes procurando a vitória. O Vasco vem embalado e teremos de trabalhar bastante. Nossa equipe sabe que precisa mudar para sair de campo com a vitória. Estou preparado para não sofrer gols.
*Fonte: SPFC
Abs
Dan Castanho - TRI Mundial !!!

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Neymar marca menos que rivais Messi e C.Ronaldo no ano, mas é superior por seleção

Os candidatos do próprio Neymar ao prêmio de melhor jogador do Mundo em 2011 marcaram mais gols que o jovem santista na temporada. No entanto, o brasileiro tem número superior aos concorrentes no ano em matéria de seleção.


Neymar fez 34 gols na temporada, sendo 17 pelo Santos, nove pela seleção sub-20 e oito pela principal. Já o argentino Messi tem 48 gols em 2011, com 45 deles marcados pelo Barcelona-ESP e apenas três com a camisa da Argentina. O retrospecto é próximo ao do português Cristiano Ronaldo, autor de 40 gols pelo Real Madrid-ESP, e só quatro por Portugal. O que resulta em um total de 44.

O Messi já é um ídolo, melhor do Mundo. Depois vem o Cristiano Ronaldo. Eu ainda estou caminhando, fazendo minha história”, evita comparações o craque santista. Ronaldo e Messi carregam a fama de “pipoqueiros” em suas seleções pela baixa média de gols e ausência de títulos. Nesta temporada, o fracasso da Argentina em casa na Copa América (eliminada nas quartas de final) e de Portugal nas Eliminatórias da Eurocopa (não conseguiu vaga direta para a competição e vai disputar a respescagem) pioraram a imagem dos jogadores em seus países.

Em seus clubes, porém, eles impressionam. Os dois estão empatados na artilharia da atual edição do Campeonato Espanhol, com dez gols, após nove rodadas disputadas.

Messi e Cristiano Ronaldo foram os artilheiros de Barcelona e Real Madrid, respectivamente, em todas as competições disputadas no último ano. O mesmo não se pode dizer de Neymar.

O santista foi decisivo e goleador do time, com seis gols, na vitoriosa campanha da Libertadores. Já no Paulista, marcou apenas quatro (Elano foi o artilheiro da equipe, com 11), e no Brasileiro, atualmente, está com 7, bem longe do goleador Borges, que tem 22.

Com exibições brilhantes e cada vez mais respeitado internacionalmente, Neymar, segundo o jornal espanhol Mundo Deportivo, está entre os 50 jogadores que concorrerão ao prêmio da Fifa de melhor jogador do ano.

“Tudo na minha vida está sendo muito bom. Sempre segui a vontade do meu coração. Fiquei aqui no Santos por opção e quero fazer história no clube. Não importa concorrer ao melhor do Mundo ou não”, destacou.



Att: Marcel Henrique

Kléber só aceita ser emprestado se renovar por cinco anos, com aumento

 Na reunião para acertar os ponteiros com Kléber, a diretoria do Palmeiras acenou com a possibilidade de emprestá-lo por um ano. Seria mais fácil do que vendê-lo.

 O atacante respondeu que quer sair definitivamente. E o agente Pepe Dioguardi apresentou as exigências para aceitar o empréstimo. Pediu uma renovação contratual. O novo compromisso teria validade de cinco anos, dois anos a mais do que atualmente.

 Mas o salário também teria que ser alterado. O Palmeiras precisaria igualar a melhor oferta que o Gladiador receber. E só passaria a pagar o salário reajustado quando ele voltasse ao time, em 2013. Até lá, a despesa ficaria por conta do novo time.

 Os dirigentes se irritaram com a proposta. Segundo eles, a exigência mostra que Kléber se rebelou de caso pensado, em busca de um aumento numa nova equipe. E que essa era a sua intenção desde o flerte com o Flamengo. O principal alvo agora seria o Corinthians.

 Desafetos de Felipão no Palestra Itália, porém, argumentam ter sido o treinador que entrou na briga pensando em se transferir. Acreditam que ele afastou Kléber apostando que isso provocaria a sua demissão, justamente quando o São Paulo tinha interesse nele.

*Fonte: Ricardo Perrone
Abs
Dan Castanho

O dilema de Dilma


Orlando Silva Jr. não é mais ministro do Esporte.

E isso não tem a menor importância.

Importante é saber quem irá para o lugar dele.

Se for alguém do PCdoB, como tudo indica, a presidente Dilma Rousseff terá apenas trocado seis por meia dúzia, porque certamente a necessária limpeza no ministério não vai ser feita.

Se, ao contrário, escolher alguém que não seja do partido que há nove anos aparelhou o esporte nacional, a primeira vítima será o governador do Distrito Federal, ex-ministro do Esporte e ex-membro do PCdoB, o agora petista Agnelo Queiroz, que foi quem começou tudo isso que fulminou Orlando Silva Jr e que muito provavelmente virará alvo de vinganças.

Mas o preço, diante de uma Copa do Mundo e de uma Olimpíada no Brasil, vale a pena pagar.

Porque o mundo precisa achar um interlocutor confiável no Brasil — e o presidente do Comitê Organizador da Copa do Mundo de 2014, Ricardo Teixeira, está neste momento no centro de dois inquéritos da Polícia Federal por lavagem de dinheiro.

A hora é agora, de pensar grande, de ser estadista.

Fácil não será, certamente, mas se Dilma Rousseff quisesse uma vida fácil não teria a vida que tem desde muito jovem.
*Fonte: Juca Kfouri
Abs
Dan Castanho

Tricolor perde para o Libertad e está fora da Sul-Americana


  O São Paulo está fora da Copa Sul-Americana. Após vencer o Libertad no primeiro jogo por 1 a 0, no Morumbi, o Tricolor foi derrotado pelos paraguaios por 2 a 0, na noite desta quarta-feira, no estádio Dr. Nicolás Leoz, pelas oitavas de final da competição continental.
  No início do primeiro tempo, o Libertad abriu o placar em cobrança de pênalti, após o árbitro marcar falta de Luis Fabiano na área. No segundo tempo veio o gol da eliminação. Agora, o Tricolor terá de conseguir uma vaga na Libertadores de 2012 no Campeonato Brasileiro, no qual a equipe é atualmente a sexta colocada, com 49 pontos.

RIVAL ABRE O PLACAR

  O técnico Emerson Leão escalou o time com surpresas neste retorno ao clube. No meio de campo são-paulino, Carlinhos e Marlos ganharam uma chance. Com isso, Denilson e Cícero ficaram como opções no banco. Tricolor mais ofensivo em busca da classificação.
  Em campo, o Libertad fez valer o fato de estar jogando em casa e partiu para cima. Aos nove minutos, o árbitro marcou falta de Luis Fabiano em Maciel dentro da área. Na cobrança do pênalti, Aquino não deu chances para o goleiro Rogério Ceni.
  Minutos depois do gol, aos 14, o São Paulo poderia ter empatado. Dagoberto deu ótima assistência para Piris, que acertou a trave. Do outro lado, Juan teve uma boa chance, mas chutou em cima do goleiro Medina. Apesar da derrota parcial, o Tricolor fez um bom primeiro tempo.

DERROTA E ELIMINAÇÃO

  Na volta do intervalo, Emerson Leão fez a primeira mudança na equipe. Luis Fabiano ficou no vestiário e Fernandinho entrou em seu lugar. Com a mudança, Dagoberto foi deslocado para atuar como referência, com Fernandinho e Marlos abertos pelas pontas.
  Com mais posse de bola, o Tricolor chegou ao empate com Rhodolfo, aos 19, mas o árbitro assinalou impedimento do zagueiro. No entanto, quem chegou ao gol foi novamente o Libertad. Aos 22 minutos, Nuñes, impedido, soltou a bomba para marcar o segundo dos paraguaios.
  Precisando de um gol para se classificar, Cícero entrou no lugar de Marlos. Aos 33, Rogério Ceni, com dores no tornozelo esquerdo, deixou o jogo para a entrada de Denis. E ficou nisso. O Tricolor não conseguiu marcar um gol, que daria a classificação ao time, e está fora da Sul-Americana.

BRASILEIRO

  Após a partida pela Sul-Americana, o São Paulo voltará a pensar no Campeonato Brasileiro. No próximo domingo, o Tricolor vai ao Rio de Janeiro para enfrentar o Vasco. Para este jogo, Leão não poderá contar com Dagoberto, suspenso pelo terceiro cartão amarelo.
*Fonte: SPFC
OPINIÃO

  Novo fracasso,
algo comum nos últimos 3 anos ...

Abs
Dan Castanho - TRI Mundial !!!

Adriano é dúvida, mas marca 2 gols em treino

Ausente dos gramados desde a derrota diante do Botafogo, no dia 12 de outubro, o atacante Adriano segue a rotina de treinamentos com a esperança de voltar a ser relacionado para o jogo deste domingo contra o Avaí, às 16h, no estádio do Pacaembu. Nesta quarta-feira, o Imperador participou de treinamento com o restante dos jogadores, mostrou evolução física e marcou dois gols, sendo um deles de voleio.
Nos últimos dois jogos do Corinthians no Brasileirão (Cruzeiro e Internacional), o técnico Tite decidiu não relacionar Adriano para que o atleta tivesse a oportunidade de se condicionar mais para render melhor quando entrasse em campo.
O meia Alex, que vem fazendo a diferença nos últimos jogos do Timão, deixou o treinamento mais cedo, pois sentiu um leve desconforto na coxa esquerda. Desde o empate com o Internacional que o jogador está sentindo essa pequena lesão e pode até ser poupado contra o Avaí para que a lesão não se agrave.

Durante o treino, os atacantes Liedson e Jorge Henrique acabaram tendo atenção maior do departamento médico. Em uma dividida, o Levezinho ficou sentindo o pé esquerdo e diversas colocou a mão na região atingida. Como ele tem um histórico recente de lesões, deixou todos atentos, mas saiu de campo e não preocupa. Já Jorge Henrique levou uma pancada na canela, porém foi prontamente atendido e continuou no treino.
Fora do time desde a vitória com o Bahia, por suspensões e por lesões, o atacante Emerson ainda continua fazendo trabalho de recuperação. Mais uma vez, o jogador não participou dos treinamentos com o restante do elenco e ficou separado do grupo. As chances de Sheik voltar não são grandes já que nesta semana ele ainda não trabalhou com bola.

A baixa desta quarta-feira foi o zagueiro Chicão. Com amigdalite, o ex-capitão foi medicado, dispensado pelos médicos do Corinthians e só retorna aos treinos na tarde desta quinta-feira. Chicão foi relacionado para a partida contra o Inter e, pela ordem definida por Tite, não deveria ser relacionado para o jogo com o Avaí devido ao revezamento promovido pelo treinador entre os defensores reservas.
Fonte: GloboEsporte

Abs,


Renatinha
Louca por ti, Corinthians!!!!

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Neymar exalta presença entre melhores do mundo, mas 'vota' em Messi e C. Ronaldo

O vazamento da informação de que Neymar está presente na lista dos 50 concorrentes ao posto de melhor jogador do ano foi interpretado pelo santista como uma valorização do futebol brasileiro. O craque alvinegro trata como uma vitória a presença de um atleta que atua na América do Sul, mas destacou que Messi e Cristiano Ronaldo são os favoritos ao prêmio.

“Isso valoriza ainda mais o futebol brasileiro. Não precisa sair do Brasil para as pessoas verem seu futebol. Primeiro é o Messi e depois o Cristiano Ronaldo. Esses dois estão acima de todos”, disse Neymar, nesta quarta-feira, em entrevista coletiva no CT Rei Pelé.

“Eu nunca trabalhei para ser o melhor do mundo. Eu trabalhei para ajudar minha equipe, minha família. As coisas acontecem naturalmente. É uma felicidade muito grande, é um marco na minha vida. A felicidade está enorme”, acrescentou.

A Fifa ainda não divulgou oficialmente a lista dos 50 jogadores que concorrerão ao prêmio, mas o jornal espanhol Mundo Deportivo teve acesso às informações. No dia 1º de novembro serão selecionados 23 atletas.

Em 5 de dezembro, serão escolhidos três jogadores. O anúncio do prêmio ao melhor jogador de 2011 será feito em 9 de janeiro. O argentino Lionel Messi venceu as últimas duas edições.

“Estou muito surpreso se isso for verdade da lista dos cinquenta. Espero dar continuidade no meu trabalho”, disse Neymar.

Campeão paulista e da Libertadores, Neymar tem tido uma temporada de grande série de jogos. Ele já atuou 61 vezes, defendendo o Santos, seleção brasileira principal e de juniores. Em dezembro, ele tentará o título do Mundial de Clubes. Devido à maratona de jogos, Neymar deverá ser poupado de alguns jogos do Santos no Brasileirão.


(Uol esporte)


Att: Marcel Henrique

Henrique admite campanha "desastrosa" do Palmeiras


  A chance de encerrar o Brasileiro brigando contra o rebaixamento é vista com cautela entre os jogadores do Palmeiras. Segundo o zagueiro Henrique, da mesma maneira que a vaga na Libertadores do ano que vem ficou distante, a chance de cair para a Série B também existe, apesar de pequena.
 "Preocupa. Tem chance de Libertadores, é pouca, mas tem. Rebaixamento também. Preocupa sim. Sabemos o que fazer para distanciar mais e não nos preocuparmos. Tínhamos o objetivo que era a Libertadores, está ficando distante. Estamos nos preocupando com rebaixamento agora", admitiu o zagueiro. 
  Até mesmo terminar a competição com uma vaga na Sul-Americana, o que poderia ser comemorado pela fase de seis jogos consecutivos sem vitória do Palmeiras, seria considerado um "desastre" pelo zagueiro. Na derrota sofrida contra o Fluminense, por 2 a 1, Henrique utilizou a faixa de capitão do clube alviverde. 
 "Desastre já está sendo, pela posição que estamos, pelo fato de ser o Palmeiras, estrutura, clube, elenco... Para nós é um desastre estar assim, ficar fora da Sul-Americana seria um desastre maior. Mas pensamos em vencer para conseguir mais pontos. No Brasileirão não sabemos o que pode acontecer, estamos longe da Libertadores. Pensamos só em somar pontos", afirmou. 
  A tabela até o fim da competição também não é das mais fáceis para a equipe, o que aumenta a cautela nesta reta final. Neste domingo, o Palmeiras enfrenta o Atlético-MG, que briga contra o rebaixamento, fora de casa. Na sequência, até o fim da competição, o time ainda terá pela frente Grêmio, Vasco, São Paulo e Corinthians, além de Coritiba e Bahia. 
 "Não foi nenhum jogo tranquilo. Cada um é mais difícil que outro, não sabe quem ganha ou perde. É muito disputado, as equipes estão crescendo, dificultando. Serão jogos importantes pelos pontos que não vencemos", disse o camisa 3.
*Fonte: Terra
Abs
Dan Castanho

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Santos antecipa exames médicos para 2012 e já coloca Neymar na primeira leva

Com o calendário apertado até o fim do ano, o Santos já vai dar início aos exames médicos padrão dos jogadores para a temporada de 2012. O clube convocou Neymar, e outros nove jogadores, nesta terça-feira, para passar por um “check-up”.

Adicionar imagem
Os jogadores serão divididos em três grupos - um a cada terça-feira - e os primeiros dez farão exames de sangue, no CT Rei Pelé, e cardiológicos no Hospital do Coração (HCOR), em São Paulo.

Neste primeiro grupo, farão os exames periódicos, além de Neymar, os jogadores Adriano, Alan Kardec, Arouca, Bruno Rodrigo, Durval, Edu Dracena, Henrique, Ibson e Léo.

A antecipação dos exames acontece por conta do planejamento de férias em janeiro traçado para parte do elenco. Como o Santos participa do Mundial de Clubes, em dezembro, no Japão, diversos jogadores vão ganhar folga em boa parte do primeiro mês do ano.

O Santos deve deixar o time titular de férias até por volta do dia 20 de janeiro, e iniciar o Campeonato Paulista com o time reserva.


(Uol esporte)


Att: Marcel Henrique

LEÃO no SPFC: voltar a ser SOBERANO ?


Abs
Dan Castanho - TRI Mundial !!!

Emerson Leão é o novo técnico do São Paulo


  Emerson Leão é o novo técnico do São Paulo. A diretoria tricolor acertou a contratação do comandante na manhã desta segunda-feira. Leão já assumirá o time nesta tarde, comandará o treino e viajará com o grupo para o Paraguai, nesta noite.
 "O Leão se encaixa perfeitamente no que desejamos. É um técnico vitorioso, de comando e com forte identificação com o torcedor. Além disso, claro, temos como referência seu excelente trabalho deixado no clube", afirma Adalberto Batista, diretor de futebol.
  Em sua primeira passagem, Leão teve trajetória vitoriosa. Assumiu a equipe no lugar de Cuca em setembro de 2004 e levou o time do sétimo ao terceiro lugar do Brasileiro, classificando para a Libertadores do ano seguinte.
  Em 2005, ele foi campeão paulista com duas rodadas de antecedência (apenas uma derrota) e deixou o time pronto para Paulo Autuori assumir rumo ao título da Libertadores. O aproveitamento de Leão à frente do tricolor é de 69% dos pontos, entre os melhores do clube.
 "Minha volta ao São Paulo é um reencontro com o passado. É estar no lugar certo na hora certa. Estou muito feliz por voltar ao São Paulo. Conheço o clube e o clube me conhece", disse Leão, que assinou contrato até o fim do ano com o Tricolor, com a possibilidade de prolongar este vinculo.

Leão no São Paulo: 2004/2005

45 Jogos
27 vitórias
12 empates
6 derrotas
103 gols pró
46 gols contra
68,8 % aproveitamento
*Fonte: SPFC
Abs
Dan Castanho - TRI Mundial !!!

Tricolor para no goleiro Vanderlei e empata no Morumbi

  A rodada começou favorável para o São Paulo, que voltaria de vez a brigar pelas primeiras colocações se vencesse o Coritiba, na tarde deste domingo, no Morumbi. Mas no meio do caminho tinha o goleiro Vanderlei, que parou o ataque Tricolor e evitou a reação são-paulina.
  Com o 0 a 0, o São Paulo ficou ainda mais distante da liderança do Campeonato Brasileiro, já que o líder Vasco venceu o Bahia, fora de casa. Com 49 pontos, o Tricolor está a oito da equipe carioca, que será a próxima adversária no Brasileiro, no próximo domingo, em São Januário.

NADA DE GOL - Sem poder contar com o volante Denilson, suspenso, o técnico interino Milton Cruz escalou Casemiro no meio de campo são-paulino. Diferente dos últimos jogos, o camisa 8 atuou mais recuado, dando apoio a Wellington na marcação.
  Durante toda a primeira etapa, o Tricolor criou mais chances de gol do que o Coritiba. Logo aos oito minutos, Luis Fabiano fez ótima jogada e tocou para Juan. O lateral fintou o adversário, mas na hora da finalização, de direita, chutou para fora.
  Aos 19, novamente Luis Fabiano lançou, Lucas aproveitou o vacilo da zaga e arrancou com a bola. Na saída do goleiro Vanderlei, o garoto tentou um toque de cobertura e chutou para fora. Lá atrás, Rogério fez o seu trabalho quando exigido. Já no último lance do primeiro tempo, Fabuloso chutou a queima roupa e Vanderlei fez outra boa defesa.

VANDERLEI SALVA O CORITIBA -  Na volta do intervalo, Milton Cruz colocou Marlos na vaga de Lucas. E foi o camisa 11 responsável pelo primeiro lance de perigo no segundo tempo. Aos oito minutos, Marlos soltou a bomba e Vanderlei ótima defesa. No rebote, Juan também tentou fazer o gol.
  O goleiro do Coritiba, por sinal, passou a ser um grande personagem no jogo, evitando em diversos lances o gol tricolor. Marlos, Dagoberto, Luis Fabiano... todos tentaram, mas Vanderlei continuou salvando o time alviverde no Morumbi.
  Aos 27, Casemiro e Cícero deixaram o jogo para as entradas de Jean e Fernandinho, respectivamente. O São Paulo continuou tentando de todas as maneiras possíveis, mas Vanderlei estava em uma tarde inspirada. Ruim para o São Paulo, que ficou no empate sem gols no Morumbi.

SUL-AMERICANA - O Tricolor dará uma pausa no Campeonato Brasileiro e voltará suas atenções para a Sul-Americana. Na próxima quarta-feira (26), no Paraguai, o São Paulo enfrentará o Libertad, pela segunda partida das oitavas de final. No primeiro jogo, que aconteceu no Morumbi, Luis Fabiano garantiu a vitória por 1 a 0.
*Fonte: SPFC
Abs
Dan Castanho - TRI Mundial !!!

domingo, 23 de outubro de 2011

Alex salva o Corinthians

Jogando pouco, e com um a menos, o Corinthians conseguiu arrancar um empate por 1 a 1 com o Inter, hoje no Beira-Rio.Alex, ex-colorado, salvou a equipe do técnico Tite de um resultado pior. Mas o gol marcado de falta, aos 44 minutos do segundo tempo, não evita a queda da primeira colocação. Os paulistas foram superados pelo Vasco, que chegou aos 57 pontos, depois de vencer o Bahia por 2 a 0.


Mas o herói corintiano da partida saiu de campo comemorando o resultado: “Um ponto aqui é sempre difícil de conquistar. Então, está bom”. Júlio César concordou com o parceiro. “O empate foi bom pelo que foi o jogo”, ressaltou o goleiro. Quando perguntado sobre os dois pontos que o Corinthians deixou de ganhar, o arqueiro respondeu: “Não perdemos dois, ganhamos um”.

Ao Internacional, ficou uma frustração sem tamanho. O time dirigido por Dorival Júnior abriu o placar com Nei, criou mais chances durante todo o tempo. Mas pecou e cedeu o resultado. Com o empate, o colorado fica no sétimo lugar - com 48 pontos, e ainda longe do G-5.

Fonte: UolEsporte


O próximo jogo é Domingo, dia 30/10, às 16h no Pacaembu, contra o Avaí.


E VAI CORINTHIAAANS!!!


Abs,

Renatinha

Corintiana de coração

sábado, 22 de outubro de 2011

Elogiado por Milton, Marlos aguarda nova chance como titular


  O meia-atacante Marlos poderá ser uma das novidades no time do São Paulo na partida contra o Coritiba, no próximo domingo, no Morumbi. O técnico interino Milton Cruz elogiou a atuação do camisa 11 diante do Libertad (PAR) e planeja dar uma chance desde o início ao jogador.
 "O Marlos tem chance de jogar. Poderia ter começado contra o Libertad, mas dei preferência ao Cícero por conta da jogada aérea e marcação forte no meio. Vou estudar primeiro o Coritiba", ressaltou o são-paulino.
  Empolgado com a possibilidade, Marlos espera ter uma nova sequência na equipe.
 "Fico feliz por mais uma possibilidade de começar um jogo. É a oportunidade de dar uma sequência no meu trabalho. Pela conversa do Milton, ele deixou claro que vai me aproveitar", disse Marlos.
  Na atual temporada, o camisa 11 disputou 47 partidas, sendo 18 como titular e 29 como reserva. Além disso, ele marcou seis gols. Já a última vez que o atleta iniciou uma partida foi diante do Botafogo, no Engenhão. Na oportunidade, o Tricolor empatou em 2 a 2.
*Fonte: SPFC
Abs
Dan Castanho - TRI Mundial !!!

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Luís Fabiano desencanta, São Paulo vence e leva vantagem ao Paraguai


 O aguardado primeiro gol de Luís Fabiano na volta ao São Paulo saiu nesta quarta-feira, e assegurou ao clube uma vitória apertada de 1 a 0 contra o Libertad (Paraguai), no Morumbi, pelo confronto de ida das oitavas de final da Copa Sul-Americana. Além do fim do tabu pessoal do atacante, que precisou de cinco jogos para marcar pela primeira vez, o resultado também encerrou sequência de seis jogos sem vitórias da equipe. 
  Agora o time brasileiro leva a vantagem de se classificar com um empate por qualquer placar no confronto de volta, que será disputado no próximo dia 26 de outubro, às 20h50 (de Brasília), em Assunção. Uma vitória paraguaia por 1 a 0 leva a disputa para os pênaltis, mas, caso os são-paulinos façam um gol, podem perder por até dois de diferença. Qualquer vitória mais elástica dá a vaga ao Libertad. O vencedor do confronto encara a LDU, do Equador, na próxima fase. 
  Com o interino Milton Cruz substituindo o demitido Adilson Batista, o clube tricolor encontrou muitas dificuldades desde o início. Apesar de manter a posse de bola, o São Paulo tinha dificuldades para chegar ao gol adversário no primeiro tempo e via os paraguaios explorarem com perigo as falhas dos zagueiros Rhodolfo e João Filipe. 
  Na etapa final, Milton Cruz melhorou o time com as entradas de Casemiro e Marlos, mas o gol parecia difícil. Até que, aos 32min, Luís Fabiano, aproveitando ajeitada de Dagoberto de cabeça, fez o gol da vitória, para festa dos quase 8 mil torcedores pagantes no estádio.
*Fonte: Terra
Abs
Dan Castanho - TRI Mundial !!!

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Paulo André admitiu torcida de corintianos pelo Santos contra o Botafogo


O Santos teve uma torcida diferente na noite de hoje, quando enfrentou o Botafogo na Vila Belmiro, às 20h30, em jogo adiado pela 21ª rodada do Brasileirão. ‘Secando’ o time carioca, o zagueiro Paulo André admitiu que os atletas do Corinthians acompanharam a partida e torceram pelo rival paulista.



“Eles [Botafogo] têm uma boa equipe, passaram por um momento difícil no início do ano, mas manteve uma regularidade no Brasileiro. Talvez seja nosso maior rival [na briga pelo título], mas tenho certeza de que o Neymar e o Santos vão dar uma forcinha”, comentou Paulo André, em entrevista ao programa Cartão Verde.

Confiante na busca pelo título brasileiro, o defensor corintiano falou sobre o momento conturbado que a equipe viveu algumas rodadas atrás, com uma sequência de resultados negativos e o afastamento do zagueiro Chicão. Paulo André negou qualquer tipo de crise no elenco e afirmou que os problemas foram criados por pessoas de fora do clube.

“Tentaram desestabilizar a nossa equipe por ser um time de operários, não de estrelas. A imprensa e uma parte da torcida, que passou a protestar. Mas a diretoria soube dar tranquilidade para a gente, manteve o Tite e nós nos levantamos rápido”, afirmou Paulo André.


E a torcida deu certo!!! O camisa 11 do Santos comandou a vitória diante do Botafogo, por 2 a 0, e impediu os cariocas de assumirem o primeiro posto. O atacante marcou um golaço e abusou de tanto driblar. O artilheiro Borges marcou o outro gol santista na partida.


CORINTHIANS CONTINUA LÍDER!!!

VAI CORINTHIANS!!!!!!

Abs,

Renatinha

Contra o Libertad, Milton deve fazer "duas ou três" mudanças

  O coordenador-técnico Milton Cruz, que assumiu como interino do São Paulo, fará mudanças na equipe em relação ao último jogo diante do Atlético-GO. Nesta quarta-feira, o Tricolor receberá o Libertad (PAR), no Morumbi, pelas oitavas de final da Copa Sul-Americana.
  Segundo Milton, o time deverá sofrer "duas ou três mudanças". Quem pode retornar é o zagueiro João Filipe. Recuperado de dores no tornozelo direito, o camisa 21 poderá voltar ao time titular e formar dupla de zaga com Rhodolfo. Com isso, Xandão iria para o banco de reservas.
  Outro que deverá voltar é o lateral-esquerdo Juan. O são-paulino cumpriu suspensão automática na última rodada do Campeonato Brasileiro. Contra o Atlético-GO, Carlinhos atuou no setor. Com o retorno de Juan, o camisa 20 seria escalado no meio de campo.
 "Vou estudar o time do Libertad. Já conversei com o Piris e estou estudando para escalar o melhor time possível. É um plantel bom, que dá para fazer uma boa avaliação. Vou mudar alguma coisa sim. Duas ou três mudanças", ressaltou Milton Cruz.
*Fonte: SPFC
Abs
Dan Castanho - TRI Mundial !!!

Leão diz que é querido por são-paulinos e fica à espera de proposta

  Na época em que manteve Muricy Ramalho por três anos e meio entre 2006 e 2009 e segurou Ricardo Gomes por 13 meses até ser eliminado na semifinal da Libertadores em agosto de 2010, o São Paulo bradava ser diferenciado entre os clubes brasileiros por seu planejamento. Desde então, porém, a diretoria abdicou do trabalho de três técnicos em apenas 14 meses.
  Com a necessidade de dar motivação a um elenco considerado de alta qualidade a tempo de garantir ao menos uma vaga para a Libertadores através do Brasileiro ou da Copa Sul-Americana, surgem nomes conhecidos por mexer com os brios dos atletas. Um deles é Jorginho, ex-auxiliar de Dunga na Seleção Brasileira, hoje no Figueirense. Outro é Emerson Leão, desempregado, indicado pelo ex-superintendente geral Marco Aurélio Cunha. 
  E o ex-goleiro, campeão paulista pelo time tricolor em 2005 e responsável por montar a base vitoriosa do time para a Libertadores e para o Mundial daquele ano, se mostra aberto a conversações. "Recebi propostas, mas não achei interessante aceitar. Uma proposta do São Paulo, porém, é para se analisar, não só eu, mas qualquer outro treinador", disse Leão. 
  A favor do técnico, sem clube desde quando saiu do Goiás há mais de um ano, está o fato de não precisar de referências de fora. "O presidente e os diretores do São Paulo me conhecem, sabem o que fiz quando estive lá. Nos últimos dias, depois da saída do Adilson, vou aos lugares e são-paulinos falam comigo, lembram do meu trabalho. É sinal de que deixei saudade. Me sinto lisonjeado", comentou. 
  Qualidades que a diretoria aprecia. Mas, no momento - ou seja, como parecia não ocorrer no Morumbi -, a opção muda de acordo com os placares obtidos em campo. Quem passou pelo Morumbi depois de Ricardo Gomes não seguiu a mesma linha e foi dispensado por razões completamente diferentes. 
  Adilson Batista, o último a ser demitido, saiu por não agradar à torcida e por não ter obtido resultados que o segurassem. Paulo César Carpegiani, seu antecessor, chegou credenciado pelo trabalho em passagem anterior pelo Morumbi, onze anos antes, e caiu, de novo, por falta de títulos. Já Sérgio Baresi, substituto de Ricardo Gomes, veio das categorias de base, promoveu jovens como Lucas e saiu por inexperiência e resultados ruins. 
  Todos com perfis e saída distintas. Mas a diretoria não aceita o termo "erro" em nenhum dos casos. "Não é falha de planejamento. É correção de rumo. O São Paulo tem inteligência suficiente para fazer isso quando há necessidade. Todos tiveram oportunidades e temos dado mais tempo de trabalho do que a maioria dos outros clubes", defendeu-se o vice-presidente do clube, João Paulo de Jesus Lopes.
*Fonte: Terra
Abs
Dan Castanho - TRI Mundial!!!

Santos vira 'fiel da balança' em lutas pelo título e contra o rebaixamento no BR


O Campeonato Brasileiro para o Santos perdeu importância. No entanto, diversos times vão passar a apoiar o alvinegro nas rodadas finais da competição. É que o clube se tornou o “fiel da balança” nas definições do campeão e dos rebaixados.

A situação já será vivida nesta quarta-feira, às 20h30min, na Vila Belmiro, no duelo diante do Botafogo, válido pela 21ª da competição. Torcedores de Corinthians, Vasco, Flamengo, Fluminense, São Paulo e Internacional, estão do lado santista, com esperança de que o clube carioca não alcance o primeiro posto da tabela. Dos candidatos ao título, o Santos ainda enfrenta, além do Botafogo, Flamengo, Vasco e São Paulo. Novamente, o clube terá o apoio de diversos torcedores rivais.

“Na nossa cabeça não passa ajudar os outros clubes, e sim, fazer o nosso papel. Não podemos pensar em perder de ninguém. Já ganhamos do Corinthians (3 a 1) nosso objetivo também é ganhar de Vasco, Flamengo...de quem vier”, disse Rafael.




ATT: Marcel Henrique

terça-feira, 18 de outubro de 2011

Em notificação, Kléber insinua assédio moral por parte do Palmeiras

Um oficial de Justiça procurou o vice de futebol do Palmeiras, Roberto Frizzo, na segunda-feira, para entregar uma notificação extra-judicial do atacante Kléber. O documento ainda não foi entregue porque o cartola não estava no local.

O blog apurou que o jogador se coloca à disposição para treinar e cumprir o seu contrato. Porém, seu advogado adverte para os riscos que o Palmeiras correrá se afastá-lo. No documento são feitas citações sobre outros casos parecidos na Justiça classificados como assédio moral por parte do empregador.

Para a cúpula do Palmeiras, o Gladiador preparou o terreno pensando numa futura ação na Justiça a fim de rescindir seu contrato. A atitude causou surpresa e foi interpretada como traição, pois o atleta havia tido uma conversa amistosa com o presidente Arnaldo Tirone. Ele ficaria treinando até aparecer um clube interessado.

Pepe Dioguardi, agente de Kléber, não atendeu aos telefonemas do blog.


(Uol esporte)

Att: Marcel Henrique

Breitner cita trajetória de Adriano e Wesley em início de 2ª passagem no Santos


Mesmo com passagens frustrantes por Criciúma e Figueirense nesta temporada, Breitner retornou ao Santos esperançoso. O meia citou o exemplo de Adriano e Wesley, jovens formados no clube e que precisaram passar por outras equipes antes de serem mais aproveitados no alvinegro, como motivação. Adriano foi emprestado ao São Caetano, em 2009, e foi titular do time na campanha do título da Libertadores. Já Wesley atuou por empréstimo no mesmo ano no Atlético-PR, e na temporada seguinte se destacou pelo Santos. “O Adriano não tinha espaço no Santos e foi muito bem aqui quando voltou. É um exemplo que serve para mim assim como o Wesley, que teve um retorno impressionante. Ele buscou o espaço, e acabou sendo vendido para o exterior (Werder Bremen-ALE). Espero seguir os passos dele”, disse Breitner. O meia foi utilizado pelo Santos pela primeira vez na temporada na partida contra o Grêmio, domingo, na Vila Belmiro. Ele entrou no lugar de Ibson aos 27 minutos do segundo tempo. “Sou muito grato ao Muricy pela oportunidade dada. Ele sabe a hora certa de dar chance”, opinou Breitner. O meia está com 22 anos, e teve o contrato rescindido com o Criciúma, clube em que estava por empréstimo até o fim do ano. “Foi muito bom para mim futebol de Santa Catarina. Aprendi bastante coisa. Fiz um campeonato estadual bom com o Figueirense, pena que não tive sequência. Voltei intuição procurar meu espaço no Santos”, comentou Breitner.


Att: Marcel Henrique

Pressionado, Orlando Silva se defende de denúncias de corrupção e avisa que vai à Câmara


  Em menos de 72 horas, o ministro Orlando Silva se apresenta em entrevista coletiva, pela segunda vez, para negar seu envolvimento nas denúncias de corrupção divulgadas no fim de semana. Uma das denúncias publicadas pela revista Veja traz o militar João Dias Ferreira, preso recentemente por operar com notas frias no programa Segundo Tempo, patrocinado pelo Ministério do Esporte. O militar acusa o ministro de participar de um esquema de fraude e suborno dentro do ministério.
  Orlando Silva aumentou o tom de sua defesa. Nesta segunda-feira, ele disse publicamente que irá a duas comissões no Congresso para falar sobre o tema. A reunião acontecerá às 14h30.
 "Repudio veementemente as falsidade publicadas no fim de semana... mentiras de bandidos, que ganharam tanta repercussão", disse o ministro. "Vou restabelecer minha honra. Uma empresa de comunicação publica isso, sem provas. Não houve e não haverá provas. Protocolei pedido de investigação. A segunda medida, eu propus que o MPF apure cada uma das denuncias publicadas. A terceira medida: quero apresentar minhas razões para contestar o que foi publicado pela revista".
  Em outra denúncia levada ao ar pelo Fantástico, a ONG Pra Frente Brasil, conveniada do ME, foi colocada sob suspeita de desvio do dinheiro público, recursos que deveriam atender 18 mil crianças e adolescentes. A gerente da ONG é a ex-pivô Karina Rodrigues e atual vereadora do PCdoB, na cidade paulista de Jaguariúna. O PCdoB é o mesmo partido do ministro Orlando Silva.
  O militar João Dias Ferreira envolveu Orlando Silva na recepção de propinas e a reportagem menciona "que uma caixa de papelão com notas de R$ 50 e R$ 100 foi entregue ao então secretário executivo do ministério", quando o titular da pasta era o atual governador do DF, Agnelo Queiroz.
  Orlando admitiu que conhece Dias Ferreira e que o recebeu em seu gabinete uma vez, a pedido de Agnelo Queiroz. Mas negou qualquer tipo de corrupção em sua gestão, quando ainda estava em Guadalajara, para acompanhar os Jogos Pan-Americanos. Homem do governo Dilma na gestão das obras da Copa 2014, Orlando foi chamado de volta ao Brasil e convocou mais uma vez a imprensa para se defender.
  Nesta segunda-feira, Orlando enviou ofício à Procuradoria Geral da República pedindo abertura de inquérito na Polícia Federal para investigar seu próprio ministério. Em 2012, o ME receberá mais R$ 230 milhões para gastar "com apoio à Copa 2014".
  Na África do Sul, a presidente Dilma Rousseff falou de presunção da inocência de Orlando Silva: "O ministro, não só nós presumimos a inocência dele, como ele tem se manifestado com muita indignação quanto às acusações", disse a presidente. "Nós, ao contrário de muita gente por aí, temos o princípio democrático e civilizatório, nós presumimos inocência".
  Orlando anunciou mudanças no programa Segundo Tempo."O começo de 2012 haverá apenas 11 convênio com ONGs", anunciou o ministro. "Ano após ano procuramos aperfeiçoar a gestão do projeto, principalmente a partir de 2009. Os organismos de controle que eu convoquei e minha audiência no Congresso servirão para restabelecer a verdade", finalizou o ministro.
  Orlando Silva avisou também que continuará trabalhando pela organização da Copa 2014 mas que não estará na Suíça, nesta quarta e quinta feira. "Não irei porque não quero vincular a decisão da Fifa de escolher a sede de abertura e encerramento da Copa à minha presença".
*Fonte: Uol
Abs
Dan Castanho

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

‘Viúvas’ de Muricy reclamam de Felipão e Autuori. Querem a recontratação do atual treinador do Peixe

Muricy deixou ‘viúvas’ entre cartolas e funcionários do São Paulo.
Desde a saída do atual comandante santista, todo treinador que trabalha no Morumbi é vítima de críticas.
As ‘viúvas’ reclamaram de Ricardo Gomes, Baresi, Carpegiani e Adilson.
E fazem o mesmo quando vêem no noticiário a possibilidade de Autuori, Felipão ou algum estrangeiro assumir o cargo.
Querem esperar o Mundial de clubes.
Torcem pela derrota do Peixe.
Acreditam que ela facilitará a recontratação de Muricy.
E fazem lobby para a direção esperar.
João Paulo de Jesus Lopes, vice-presidente de futebol, e Adalberto Batista, diretor de futebol, não sofrem a dor de viuvez.
A palavra deles pesará bastante na escolha do novo técnico.
João Paulo, há algum tempo, defende a contratação de um estrangeiro.
Juvenal Juvêncio, em tais situações, sempre argumentou que o profissional do exterior demora para conhecer os jogadores do elenco.
A chance de bater na mesma tecla é grande.
Restam 8 rodadas para o fim do brasileirão, o São Paulo está fora da zona de classificação para a Libertadores, e Adilson caiu porque a direção quer resultados neste brasileiro.

FONTE: VITOR BIRNER
Att: Marcel Henrique

domingo, 16 de outubro de 2011

Adeus Adilson, ACORDA Juvenal !

  Mais um ano perdido,

  Ultimamente o Tricolor tem se especializado em perder tempo com treinadores sem perfil vencedor, Ricardo Gomes, Paulo Cesar Carpegiani e por último Adilson Batista, claro que eles tiveram desempenhos abaixo da grandeza do clube, porém maior que o erro deles, só o erro de quem APOSTOU no trabalho deles.
 
  Será que ninguém percebeu, que para o lugar de um treinador como Muricy Ramalho, tri campeão brasileiro no clube, mas já desgastado devido aos quase quatro anos no comando do time, e ainda assim idolatrado pela torcida sãopaulina, deveria ter investido em um treinador de competência e qualidade comprovada, e com um curriculum com títulos ???

  Porém nessas horas a soberba de JJ falou mais alto, e no alto de seu EGO resolveu apostar em treinadores no máximo medianos, acreditando assim que qualquer um ganharia títulos no São Paulo, isso graças à estrutura por ele oferecida, fato que com o passar dos meses, e a perda de campeonatos comprovaram que isso não era verdade.

  O antes sonhado título esta por um fio, assim como a chance de voltar a disputar a Taça Libertadores da América, que a cada dia se torna mais difícil, tudo isso jogado pelo ralo, por um projeto de trabalho mal feito.

  Perdeu tempo, perdeu dinheiro e perdeu a confiança de seu torcedor, que acredita cada vez menos em conquistas em curto prazo.

  Esta na hora do atual Sr: Presidente "baixar a bola", trabalhar mais e falar menos, que mire no exemplo do saudoso Marcelo Portugal Gouveia, presidente que não ficava perdendo tempo batendo boca com presidentes de outros times, e começar a pensar somente no São Paulo FC.

  Quanto ao atual ex-treinador, Adilson Batista depois de ter passado por Cruzeiro, Corinthians, Santos e São Paulo, talvez seja a hora de refletir sobre seus conceitos sobre futebol, pois o Sr passou por quatro grandes clubes do Brasil, e ainda assim quando saiu, em nenhum deles deixou ou deixará saudades...

  Já no São Paulo, o mais provável e até coerente, é que Milton Cruz comande o time até o fim do ano, não acredito que ainda em 2011 teremos alguma novidade no comando do time, acredito que os cartolas do Morumbi estarão de camarote, só analisando os possíveis treinadores que estarão disponíveis no término do campeonato, ou até mesmo nos que ainda estiverem empregados, como por exemplo um certo vizinho de muro ...

Abs
Dan Castanho - TRI Mundial !!!

São Paulo cai em campo, e Adilson CAI, fora das quatro linhas

Adilson Batista não é mais técnico do São Paulo




  Adilson Batista não é mais técnico do São Paulo. Após a derrota para o Atlético-GO por 3 a 0, neste domingo, no Serra Dourada, a diretoria do Tricolor se reuniu com o treinador e após uma longa conversa foi definida a sua saída do clube.
  Adilson assumiu o São Paulo justamente na partida contra o Atlético-GO, no Morumbi, pelo primeiro turno do Brasileiro. Neste período, o comandante somou 22 partidas, sendo sete vitórias, nove empates e seis derrotas.
 "O Adilson não é mais técnico do São Paulo na sequência da temporada. O trabalho se encerra no dia de hoje. Agradeço por este período no clube e desejo boa sorte na sequência da carreira", ressaltou o Adalberto Baptista, diretor de futebol do São Paulo
  Sem ele, o coordenador-técnico Milton Cruz comandará a equipe diante do Libertad (PAR) na próxima quarta-feira, no Morumbi, pela Sul-Americana. Neste ano, após a saída de Carpegiani, Milton comandou o Tricolor nas vitórias sobre o Cruzeiro (2 a 1) e Internacional (3 a 0), ambas pelo Brasileiro.
 "Gostaria de agradecer ao São Paulo pela possibilidade de trabalhar aqui. Para mim é como se estivesse na Seleção, pela camisa, estrutura, comissão de trabalho e pela lealdade das pessoas. Mas futebol é assim, infelizmente o segundo turno não tem sido dos melhores", agradeceu Adilson Batista
*Fonte: SPFC
Abs
Dan Castanho - TRI Mundial !!!

Sem chance ...

  Luís Álvaro de Oliveira Ribeiro, presidente do Santos descartou qualquer possibilidade de Giovanni voltar a vestir a camisa do Peixe no Mundial em Dezembro. 
 “Não vejo chance. Os 23 jogadores que vamos levar precisam ser escolhidos a dedo. Todos precisam ser úteis, por isso não faz sentido levar alguém que não joga faz tanto tempo. E nós trouxemos o Giovanni de volta, cumprimos com todas as nossas obrigações, mas ele quis sair antes do fim de do contrato, brigou com o Dorival Júnior. Quisemos fazer uma partida de despedida para o Giovanni, ele não quis. Agora não faz sentido.”
  A declaração do cartola santista, foi feita ao jornalista Ricardo Perrone da Folha, e acaba com qualquer sonho do "Messias" em voltar vestir a famosa camisa 10 do time praiano.

Abs
Dan Castanho