sexta-feira, 30 de setembro de 2011

São Paulo aproveita reestreia de Luis Fabiano e lança camisa popular


  Para promover ainda mais a reestreia de Luis Fabiano, o departamento de marketing do São Paulo lançou nesta sexta-feira uma nova camisa que tem como principal alvo o torcedor das classes mais baixas. Semelhante a oficial, ela terá a assinatura do camisa 9, o nome do atacante nas costas e custará R$ 59. O são-paulino poderá escolher entre a número 1 (branca) e a número 2 (tricolor com listras verticais).
 "Queremos com isso que todos os torcedores do São Paulo possam ter uma camisa oficial do clube. Ela terá um preço bastante acessível e é igual a de jogo. Só não foi feita pela Reebok (a fornecedora oficial de material esportivo do clube), mas segue todos os padrões da camisa oficial" - afirmou o diretor de futebol do clube, Adalberto Baptista.
  A camisa número 2 já está à venda nas lojas Sâo Paulo Mania e também na internet. A número 1 estará à disposição a partir de terça-feira.


*Fonte: Globo
Abs
Dan Castanho - TRI Mundial !!!

Agente de Neymar diz que vai trabalhar sem descanso para levá-lo ao Real Madrid


O agente do atacante Neymar, Wagner Ribeiro, afirma que mantém negociação com o Real Madrid e que pretende trabalhar sem descanso para transferir o jogador para o time espanhol. Em entrevista ao periódico As, o empresário destacou que Neymar ficará no Santos em 2012 para participar do centenário do clube, abrindo as portas para o Real em 2013. “Eu vou trabalhar sem descanso para levá-lo ao Real Madrid”, declarou Ribeiro.

Segundo o agente, o Barcelona ficou para trás na briga por Neymar porque agiu de forma antiética, procurando diretamente o pai do atleta, em vez de acionar o Santos e o empresário.

“Não gostei nada da forma como o Rosell [presidente do Barcelona] foi a Neymar. Buscaram o pai dele sabendo que eu sou o agente. Não foi ético. O Barça queria o jogador para janeiro de 2013”.

Neymar declarou no início de setembro que permaneceria no Santos para o Mundial de Clubes e para os 100 anos de fundação do time paulista. O Real chegou a oferecer 60 milhões de euros, mais que o valor da multa contratual, mas o atacante se recusou a aceitar o pedido.



Att: Marcel Henrique

Palmeiras gasta R$ 8 milhões, mas só tem trio de estrelas em 10% dos jogos de 2011

Kleber e Valdivia voltaram ao Palmeiras para se juntar a Marcos como os grandes nomes da temporada 2011 e reacender a identificação com a torcida pela proximidade dos ídolos. Mas a aposta caiu por terra. O trio de estrelas já custou aos cofres do clube mais de R$ 8 milhões neste ano, mas só atuou junto em 10,71% dos jogos

Os atletas mais amados da história recente do time participaram de apenas seis das 56 partidas disputadas em 2011. No jogo contra o América-MG, sábado, no Canindé, o encontro não vai se repetir, já que o goleiro e o atacante não foram sequer relacionados e o meia chileno deve ficar no banco de reservas.

Se as ausências são sentidas em campo, pesam ainda mais no bolso. O UOL Esporte apurou que o Palmeiras desembolsa cerca de R$ 890 mil por mês com os três atletas, incluindo salários, luvas e direitos de imagem. Valdivia tem renda mais gorda com um salário por volta de R$ 380 mil. Até o mês de setembro, o gasto com o trio já chegou a R$ 8,1 milhões e até o fim do ano vai passar da casa dos R$ 10,68 milhões.

O esforço para contar com os jogadores não para por aí. A gestão de Luiz Gonzaga Belluzzo acumulou uma dívida de 6,25 milhões de euros para a compra de direitos econômicos de Valdivia e ainda não sabe como vai pagar o Banif. O saldo precisou ser renegociado. Kleber também custou caro para voltar ao Palestra Itália e pode ganhar um reajuste salarial a partir de janeiro.

Mas ao longo do ano, os craques ficaram em segundo plano e a torcida teve que se acostumar a substitutos coadjuvantes. Nomes como Patrik, Tinga, Luan e Deola ganharam o noticiário e as vagas no time.

O goleiro reserva vem fazendo jus à confiança depositada por Felipão e teve desempenho à altura do titular, com quem reveza à frente da meta alviverde. Perto de se aposentar, Marcos não participa de todos os jogos e segue preparação especial elaborada pela comissão técnica e preparação física. Já foi poupado dos dois últimos jogos e novamente descansará no fim de semana.

No ataque, a equipe ainda tenta encontrar alternativas para suprir os jogos em que Kleber não entra em campo por lesões ou suspensões. Luan, Maikon Leite e Fernandão são os mais usados, mas ainda não caíram no gosto da torcida.

No meio campo, a situação é mais complicada e nenhuma opção conseguiu solucionar o problema da falta de criatividade sem um articulador de origem. Valdivia se tornou a ausência mais sentida e foi quem menos entrou em campo: já completou um mês sem jogar por causa de uma lesão na coxa direita e convocações para a seleção chilena.


(Uol esporte)


Att: Marcel Henrique

Emocionado e ansioso, Fabuloso: "Vou ser campeão aqui"


  Está chegando a hora. Tudo está pronto para o grande dia. No próximo domingo contra o Flamengo, no Morumbi, o atacante Luis Fabiano fará a tão sonhada e esperada reestreia pelo São Paulo. O camisa 9 está recuperado de uma lesão no joelho direito.
  Na manhã desta sexta-feira, Fabuloso reencontrou o Morumbi. O técnico Adilson Batista comandou um treino técnico no local. Após a atividade, Luis Fabiano concedeu entrevista coletiva. Ansiedade que ele não conseguiu esconder ao falar sobre o seu retorno.
 "Muita coisa mudou. Há dez anos meu temperamento era outro. Hoje sou mais experiente. Hoje é outro Luis Fabiano. Com a mesma vontade e garra. O tempo foi um professor para mim. A ansiedade é muito grande", ressaltou Fabuloso.
 "Está semana está sendo espetacular, um momento muito feliz. Durante este tempo machucado, tive algumas dúvidas. Que eu não conseguiria voltar em alto nível. O tempo estava passando e eu não conseguia voltar a treinar. Mas eu nunca desanimei e por isso estou aqui. Vou ser campeão aqui. Vim para isso", completou o atacante.
  Mais que a ansiedade, Fabuloso não conteve a emoção. A cada palavra, a cada gesto, o atacante deixou transparecer toda a satisfação de representar o Tricolor. Um ídolo de toda uma geração que voltará com a gana de ser campeão e deixar ainda mais o seu nome na história do clube.

Confira trechos da entrevista:

VOLTA - "Ficar muito tempo parado é complicado, sinceramente não é fácil. Me dediquei muito e trabalhei muito também. Às vezes ficava até às 19h no CT para voltar o quanto antes. Estou em condição de jogar, mas ainda falta para eu estar 100% tecnicamente. Mas espero estar assim em dois ou três jogos. Sei que todo mundo deposita uma esperança muito grande em mim".

TORCIDA - "Eu tive muito apoio do torcedor quando saía na rua. Todo lugar o torcedor mostrava a sua expectativa pela minha volta. Transmitiu muito apoio. No jogo mil do Rogério eu não queria entrar em campo, pois era uma frustração entrar e não poder participar. Mas foi uma loucura. O torcedor me apoiou e mostrou seu incentivo. Isso me deu uma força muito grande".

ÍDOLO - "Desde a minha passagem pelo São Paulo eu realmente vesti a camisa do clube de verdade. Apesar de não ter vencido um grande título, o torcedor tem um carinho muito grande, pois percebe quem realmente veste a camisa. Tenho este carinho por eles e me tornei um ídolo são-paulino".

GOLS - "Não penso nesta projeção de gols no momento. O número não tenho na cabeça, pois não sei quantas partidas eu vou jogar. Estou voltando agora, mas espero fazer o máximo de gols possíveis durante estes jogos que faltam".

SELEÇÃO - "Penso em Seleção e gostaria muito, pois acho que tenho condições de vestir a camisa da Seleção novamente. A concorrência é muito grande, jogadores que estão fazendo muitos gols. Mas para chegar lá eu tenho muito ainda, muitos gols para fazer. A Seleção nunca saiu da minha cabeça".

*Fonte: SPFC
Abs
Dan Castanho - TRI Mundial !!!

Muricy cita instabilidade de líderes e jogos a menos para crer em reação santista

A disputa pelo título do Brasileirão permanece viva ao Santos na avaliação de Muricy Ramalho. Dois fatores fazem o treinador acreditar em uma reação alvinegra: o time da Vila tem dois jogos a menos e as equipes que figuram no topo apresentam grande instabilidade.

A diferença do Santos para o 1º colocado Vasco é de 14 pontos. O clube carioca tem duas partidas a mais.

“A chance continua, estamos com dois jogos a menos. Os times da frente não estão se distanciando muito”, observa Muricy.

A cada vez que o Santos tropeça e se distancia do topo, recomeçam as perguntas sobre a preparação para o Mundial de Clubes. Muricy, ao seu estilo, avisa que o time alvinegro não desistiu do Nacional e nem sequer pensou na lista de relacionados para o torneio no Japão.

“Sinceramente nem pensei na lista. Estamos preocupados com o Brasileiro e a logística. O pessoal [da diretoria] já viajou ao Japão para fazer nosso trajeto. Essa é nossa preocupação maior. Estamos olhando campos de treinamento”, comentou o técnico.

No sábado, o Santos enfrenta o Fluminense, às 18h, no Engenhão. Elano e Éder Lima iniciarão entre os titulares, substituindo Ibson e Léo, respectivamente. Rafael, Danilo, Neymar e Borges, que defenderam a seleção brasileira contra a Argentina no meio da semana, treinaram nesta sexta, no CT Rei Pelé, e estão relacionados para o jogo no Rio.



Att: Marcel Henrique

Mineiros com ... MEDO !!!


Charge de Mário Alberto (Lance)
Abs
Dan Castanho

Lucas e Fabuloso: dupla se reencontra em alto astral no CT


  Alto astral. É assim que o treino da tarde desta quinta-feira, no CT da Barra Funda, pode ser definido. Muito por conta do meia Lucas e do atacante Luis Fabiano. A dupla esbanjou bom-humor durante o treinamento na piscina, com a professora de hidroginástica Roberta Rosas.
  A animação tem seus motivos. Fabuloso está pronto para estrear diante do Flamengo, domingo, no Morumbi. Após o jogo-treino da última quarta-feira, o camisa 9 fez um trabalho regenerativo nesta quinta.
  Já Lucas também tem o que comemorar. O camisa 7 foi um dos destaques da vitória do Brasil por 2 a 0 sobre a Argentina, em Belém, pelo Superclássico das Américas. Na última quarta, o são-paulino fez um golaço ao arrancar do meio de campo e correr 85 metros até chutar.
  No início da atividade, a dupla cantou: "ô, ô, Ô, o Fabuloso voltou! O Fabuloso voltou!". Em campo, o técnico Adilson Batista comandou um treino técnico. Casemiro e Rhodolfo, que também foram campeões com a Seleção, deram apenas voltas no gramado no campo 1.
 "Desde que ele chegou, a gente sempre foi muito amigo. Ele está louco para jogar. A gente percebe isso nele. Estou procurando aprender ao lado dele. É uma pessoa de bem com a vida. Esta parceria tem tudo para dar certo", ressaltou Lucas.
*Fonte: SPFC
Abs
Dan Castanho - TRI Mundial !!!

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Tite tem dúvida na zaga do Timão

Adriano está fora, mas o técnico Tite tem outros problemas para escalar o Corinthians contra o Vasco. Além dos problemas com os atacantes Willian e Liedson, o treinador não sabe qual zagueiro formará dupla com Paulo André: Leandro Castán ou Wallace.



O segundo iniciou como titular o treinamento coletivo desta quinta-feira, no CT Joaquim Grava. Entretanto, na metade final da atividade, o treinador decidiu inverter, passando Castán para a equipe principal. A decisão deve ocorrer apenas no trabalho tático de sábado pela manhã, no mesmo local.

Castán se recuperou de dores na panturrilha direita que sentiu logo no primeiro tempo do clássico contra o São Paulo, quarta-feira passada, no Morumbi – ele também não atuou diante do Bahia. Como Wallace teve um bom desempenho e o Timão não sofreu gols, Tite não descarta mantê-lo.

O Timão encara o Vasco no domingo, dia 2/10, às 16h, em São Januário, pelo Campeonato Brasileiro.

Abs,

Renatinha

Elano treina entre os titulares e encara o Fluminense; Muricy aguarda quarteto

Muricy Ramalho esboçou o time que pretende levar a campo no sábado, às 18h, contra o Fluminense, em Volta Redonda. A atividade desta quinta-feira no CT Rei Pelé não reuniu Rafael, Danilo, Borges e Neymar, mas contou com a presença do meio-campista Elano entre os titulares.

O quarteto que defendeu a seleção brasileira na vitória sobre a Argentina, 2 a 0, no amistoso em Belém, é aguardado para o treinamento desta sexta-feira, no CT.

Recuperado de lesão muscular, Elano atuou no lugar de Ibson, que não tem apresentado bom rendimento no Brasileirão.

O treinador santista tem ideia dos 11 jogadores que enfrentarão o time carioca, mas armou treinamento com 12 titulares. Renteria foi utilizado no ataque. O novo reforço, entretanto, será opção na reserva para a partida no Engenhão.

Para a lateral-esquerda, Muricy usou Éder Lima. Léo, suspenso, não enfrenta o Fluminense.

O Santos deverá ser formado no sábado por Rafael; Danilo, Edu Dracena, Durval e Éder Lima; Arouca, Henrique e Elano; Alan Kardec, Borges e Neymar.


(Uol esporte)


Att: Marcel Henrique

Juntos, Neymar e Lucas dão 60% dos dribles e devolvem alegria à Seleção


  A Seleção Brasileira comandada por Mano Menezes não andava empolgando o público em geral. Derrotas em grandes partidas, futebol burocrático e falta de padrão de jogo estavam entre as críticas. A reviravolta neste sentimento veio com uma atuação empolgante da dupla Lucas e Neymar, os dois xodós do futebol nacional. Na vitória por 2 a 0 contra a Argentina, na última quarta-feira em Belém, os dois jovens fizeram os gols da vitória que garantiu o título do Superclássico das Américas e comandaram o show com 60% dos dribles da equipe verde e amarela. 
  Das 22 fintas do Brasil no jogo, nada menos do que 13 foram aplicadas pelos dois jovens craques - foram seis do são-paulino e sete do santista, enquanto Ronaldinho (três), Danilo (dois), Bruno Cortês (dois), Diego Souza (um) e Réver (um) se encarregaram das outras nove. Além disso, Neymar e Lucas efetuaram todas as finalizações certas do Brasil no confronto - foram três, ao todo. 
  Mais objetivo do que o amigo, o são-paulino saiu consagrado. Com um gol iniciado em uma arrancada aos 9min da etapa complementar, o meia-atacante deu outra cara à Seleção de Mano e, com sua velocidade e individualismo habitual, bagunçou a defesa argentina. Como no lance do primeiro gol, quando correu desde o meio de campo para alcançar lançamento de Danilo e tocar na saída do goleiro Órion, apesar de Neymar estar livre na grande área. "Ele desempenhou muito bem o que queríamos", avaliou Mano Menezes. 
  O atacante do Santos, por sua vez, humilhou os argentinos, especialmente no segundo tempo. Abusando dos dribles e das firulas - inclusive rebolando na frente de dois marcadores na linha de fundo antes de aplicar um drible da vaca em um deles -, Neymar chegou a provocar a ira do zagueiro Desábato por uma finta na lateral do campo. O carrinho punido com o cartão amarelo não intimidou o santista, autor do segundo gol. "Ele (Neymar) sabe se comportar como um jogador decisivo, tanto no Santos quanto na Seleção", resumiu Mano. 
  Por fim, os dois erraram apenas cinco de 59 passes efetuados e tiveram, juntos, 22% da posse de bola da Seleção - foi 1min49s do santista, contra 1min exato do número 7. Com Neymar e Lucas atuando juntos, Mano Menezes conseguiu, pela primeira vez desde que assumiu o comando da Seleção, derrotar uma grande potência do futebol mundial e pode ter, enfim, encontrado a solução para o fim das críticas e iniciado uma nova era na equipe verde e amarela.

Na sombra  

  As atuações destacadas de Neymar e Lucas ofuscaram Ronaldinho. O flamenguista teve um primeiro tempo ruim, com três faltas cobradas sem direção e pouco futebol. Melhorou no segundo e ganhou a compreensão de Mano por uma atuação abaixo do que é capaz. "Ele (Ronaldinho) teve dificuldades de armar a Seleção no primeiro tempo, mas jogou melhor no segundo, se soltou mais. Fizemos pequenos ajustes no intervalo. Ele estava com volume de jogo, mas não estava aproveitando bem as chances", explicou o treinador.

Confira os números de Neymar e Lucas contra a Argentina, de acordo com o Footstats:

Gols: 2 (1 de Neymar e 1 de Lucas)
Finalizações: 3 (2 de Neymar e 1 de Lucas)
Passes certos: 54 (31 de Neymar e 23 de Lucas)
Passes errados: 5 (2 de Neymar e 3 de Lucas)
Dribles certos: 13 (7 de Neymar e 6 de Lucas)
Dribles errados: 3 (1 de Neymar e 2 de Lucas)
Cruzamentos certos: 2 (1 de Neymar e 1 de Lucas)
Perdas de Bola: 12 (7 de Neymar e 5 de Lucas)
Posse de Bola: 2min49s (1min49s de Neymar e 1min de Lucas)
Faltas recebidas: 6 (4 de Neymar e 2 de Lucas)
*Fonte: Terra
Abs
Dan Castanho

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Vetado do Mundial pelo Inter, reforço santista Renteria quer realizar sonho antigo

O atacante colombiano Renteria pretendia disputar o Mundial de Clubes de 2006 defendendo o Internacional. Uma lesão, porém, fez o jogador assistir à saga Colorada de longe. Apresentado como novo reforço do Santos, o atleta de 26 anos pretende desta vez realizar o desejo de atuar na competição disputada no Japão.

A chegada de Renteria para o Mundial de Clubes foi um pedido de Muricy Ramalho, com quem trabalhou no clube gaúcho, em 2005.

“No Inter me machuquei, não consegui viajar para o Mundial. Agora tenho essa oportunidade pelo Santos de ir para o Mundial e quem sabe ganhar”, disse.

O colombiano firmou contrato com o Santos até o primeiro semestre de 2012, cujos direitos pertencem ao Caxias/RS.

No time da Vila, Renteria sabe que não tem como concorrer com Borges, artilheiro do Brasileirão, com 19 gols. O reforço santista não se importa em chegar para completar o grupo, ressaltando que a longa sequência de jogos permitirá espaço para apresentar seu potencial.

“Ele [Muricy] já me conhece, sabe minhas qualidades, onde posso jogar, render e fazer as coisas bem. Estou preocupado em estar preparado e focado para, no dia em que ele me chamar, jogar bem”, completo.



Att: Marcel Henrique

Santos fecha com empresa da Globo para realizar comemorações do centenário do clube

Apesar de ter pouco mais de um ano de existência, a Geo Eventos, ligada às Organizações Globo, vai aumentando sua participação no futebol. Depois de organizar o sorteio preliminar da Copa do Mundo de 2014, evento realizado em julho, a empresa ganhou a concorrência para realizar as comemorações que o Santos fará por conta do seu centenário, que será completado em 14 de abril de 2012.

A empresa de eventos da Globo, que antes do sorteio da Copa recebeu R$ 30 milhões do governo e da prefeitura do Rio de Janeiro, como o UOL Esporte revelou, ganhou a concorrência de outras cinco agências desta vez. Segundo o Santos, além de questões financeiras, cujos valores não foram divulgados, foi levado em conta as respostas dadas pela Geo Eventos ao questionário elaborado pelo clube.

“Apesar de a empresa ser razoavelmente nova, eles têm uma equipe de profissionais experientes. O fato de terem realizado o sorteio da Copa serve como portfólio, mas eles estavam no meio de outras grandes agências de promoção e eventos. Fizemos o mapeamento e acabamos escolhendo a Geo”, explicou Armênio Neto, diretor de marketing do Santos.

Clube e empresa vão se reunir na terça e na quarta-feira para definir os detalhes da estratégia que será montada para impulsionar o centenário santista. A expectativa, no entanto, é que as primeiras ações sejam colocadas em prática ainda este ano, marcando assim a festa que deve ocorrer ao longo de 2012.

“O centenário será do clube e vai contar uma história de 100 anos. Dependendo do que acontecer em dezembro [no Mundial de Clubes], ganha um plus. Mas o mais importante disso é que nós vamos posicionando o Santos em termos de marca, mas a grande mensagem terá duas palavrinhas. Uma é o orgulho e a outra é meninos. É mais ou menos por aí que vamos trabalhar”, completou o dirigente alvinegro.

Com Neymar garantido até o meio do próximo ano, pelas palavras do próprio jogador, a expectativa é que diversas ações tenham o atacante como protagonista. Apesar disso, o Santos não abrirá mão de astros do passado, com destaque óbvio para Pelé, mas também outros, como Robinho, terão espaço nas comemorações.


(Uol esporte)


Att: Marcel Henrique

Romário detona Teixeira, revela segredo e critica preparação para 2014

  O deputado federal Romário voltou a polemizar sobre os responsáveis pela organização da Copa do Mundo de 2014, especialmente o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ricardo Teixeira. Em entrevista concedida ao programa do jornalista Jorge Kajuru, na TV Esporte Interativo, o ex-jogador contou um segredo do estreito relacionamento que tinha com o dirigente, que o teria traído às vésperas do Mundial de 2002, quando o ex-atleta havia sido cortado. 
 "Não boto minha mão no fogo pelo Ricardo Teixeira. Ele apertou minha mão e disse que eu ia para a Copa do Mundo (2002), que seria convocado pelo Luiz Felipe (Scolari). Disse isso para ele, aí ele me falou: 'o treinador é o Felipe, mas aqui quem manda sou eu'. Apenas o cumprimentei e disse: 'vou acreditar na sua palavra, acabou'. Isso um dia antes. Depois, vimos o que aconteceu'", afirmou o agora deputado federal, antes de contar sobre a repentina mudança de opinião do dirigente. 
 "Segundo ele, o motivo foi que ele ficou com raiva por que achou que eu tinha combinado com a Globo no final para gravar um vídeo. No dia da convocação final, ele disse para o Felipão: 'fique à vontade para fazer a convocação que você quiser'", concluiu sobre o polêmico assunto do relacionamento com Ricardo Teixeira. 
  A mágoa de Romário com pessoas ligadas à Seleção não se limita ao dirigente máximo do futebol nacional. O ex-atacante também não escondeu a decepção com Mário Jorge Lobo Zagallo. 
 "Também não coloco a mão no fogo. Alguns técnicos ruins, como o Zagallo, conseguiram ser campeão do mundo. Como treinador ele nunca me disse uma palavra", opinou, de forma polêmica, o jogador, que participou da Copa de 1994 ao lado do então auxiliar técnico no tetracampeonato. 
  Extremamente crítico em relação aos dirigentes e pessoas mais poderosas do futebol brasileiro, Romário novamente voltou a atacar a preparação do Brasil para a Copa de 2014. O deputado voltou a afirmar que o torneio "será no Brasil, mas não será do povo brasileiro", por conta dos prováveis altos valores dos ingressos. 
 "O que me agride é o gasto do dinheiro público dos estádios, alguns vão passar de 2 bilhões. Alguns desses terão apenas três jogos da Copa do Mundo e virarão o famoso 'elefante branco'. O gasto é uma brincadeira, e ninguém faz nada. A conta que foi feita há dois anos pelos nossos grandes representantes era de R$ 52 bilhões; agora ela já passa, ainda mais com o trem-bala, dos R$ 60 bilhões. Vamos gastar tudo isso e quem vai ao estádio não é o verdadeiro apaixonado pelo futebol", criticou.
*Fonte: Terra
Abs
Dan Castanho

terça-feira, 27 de setembro de 2011

Ainda sem convencer no Santos, Ibson cita dificuldades com temperatura e gramado

O meio-campista Ibson deixou uma boa impressão nas suas duas passagens pelo Flamengo, principalmente na segunda, entre 2007 e 2009, quando participou da equipe que, mais tarde, ficou com o título brasileiro. Com o sucesso, o jogador foi se aventurar novamente no exterior, desta vez no Spartak Moscou (sua primeira transferência foi para o Porto). Apesar de retornar ao Brasil com status de estrela, o jogador apontou algumas dificuldades para se readaptar novamente ao país como motivo para seu baixo rendimento no Santos.

“A maior diferença é a temperatura. É muito calor [aqui], lá é mais frio. Nós jogávamos também muito em campo sintético, então a partida era mais rápida”, enumerou o jogador.

Apesar de estar em crescimento e ser sede da Copa do Mundo de 2018, a Rússia ainda está longe de ter um futebol local de ponta. Mesmo assim, o habilidoso meio-campista marcou apenas três gols enquanto defendeu o Spartak.

A expectativa ao voltar ao Brasil neste ano e jogar justamente no Santos, que venceu o Campeonato Paulista e a Libertadores, era encontrar um grupo forte e, com isso, poder retomar o rumo da sua carreira. Um problema físico, no entanto, complicou os planos de Ibson.

“Eu voltei, fiz cinco jogos, estava me readaptando, e sofri uma lesão. Fiz uma boa partida contra o Corinthians, fui pior contra o América-MG, e agora espero que no decorrer dos jogos eu possa render um pouco mais”, admitiu o meio-campista.

Ibson e os demais jogadores do Santos que não estão servindo a seleção brasileira terão a semana inteira para melhorar e tentar esquecer o mau resultado da última rodada, quando o time foi derrotado pelo Figueirense por 3 a 2. A próxima da equipe alvinegra será neste sábado, às 18h, contra o Fluminense, no Engenhão.

(Uol esporte).


Att: Marcel Henrique

A 13 dias da estreia, Adriano faz treino de finalização

Com a estreia prevista para o dia 9 de outubro, contra o Atlético-GO, no Pacaembu, Adriano vai aumentando o ritmo dos treinamentos no Corinthians. Nesta terça-feira à tarde, o Imperador realizou um trabalho no gramado do CT Joaquim Grava com a supervisão do preparador físico Fábio Mahseredjian.



A atividade consistiu em o centroavante fazer uma leve corrida sobre a linha da grande área e finalizar na meia-lua, de pé esquerdo, o mesmo operado no dia 20 de abril. Em seguida, o lado foi trocado para que ele concluísse contra o gol usando a perna direita. Foram três série com cinco chutes cada.

Há duas semanas, o Imperador fez uma atividade semelhante, tendo que finalizar para o gol, mas sem a necessidade de se deslocar pelo campo. A frequência em que ele aparece no gramado, aliás, vem crescendo. Na sexta passada, o atleta chegou a se aquecer com o restante do elenco, mas voltou para a academia em seguida.

Adriano faz também os últimos exercícios com o departamento de fisioterapia. Dependendo da resposta que terá aos trabalhos no campo, ele ficará apenas aos cuidados de Mahseredjian para perder cerca de três ou quatro quilos e ganhar ritmo para poder ser utilizado por Tite.

De acordo com cálculos da comissão técnica, Adriano deve ser liberado até sexta-feira para realizar algum treino com os outros jogadores. Isso deve se intensificar na próxima semana, quando ele entrará na reta final da preparação para enfrentar o Dragão, em São Paulo.

Fonte: GloboEsportes


E VAI CORINTHIANS!!!

Abs,

Renatinha

Enquanto isso, em Minas ...


Abs
Dan Castanho

“Faltou alguém correr”, diz vice do Palmeiras

  Sobrou mais para os jogadores do Palmeiras do que para Luiz Felipe Scolari o vexame de só empatar com o Atlético-GO, que teve dois atletas expulsos no jogo deste domingo. A diretoria direciona suas críticas para o elenco e poupa o treinador.
 “Como o próprio técnico disse, deu até vergonha. Ficamos constrangidos com o que aconteceu em campo. Faltou alguém correr”, disse ao blog Roberto Frizzo, vice de futebol do Palmeiras, sem citar nomes.
  O cartola teve uma longa conversa com a comissão técnica após o jogo para identificar os problemas da equipe. “Foi só um papo, achamos melhor não tomar nenhuma decisão de cabeça quente e ficamos de conversar de novo para ver se existe algum caminho novo a seguir”, contou Frizzo. A nova reunião deve acontecer na terça.
  Ele descarta medidas radicais, como a dispensa de atletas. Já trocar a comissão técnica é uma possibilidade que ninguém diz levar em consideração na cúpula palmeirense, apesar de pedidos feitos por conselheiros
*Fonte: Ricardo Perrone
Abs
Dan Castanho

Justiça Federal deve pedir à Suíça documentos sobre suborno contra Ricardo Teixeira


  O procurador da República Marcelo Freire confirmou nesta segunda-feira que enviará à Polícia Federal, esta semana, pedido de investigação contra Ricardo Teixeira,. presidente da CBF e do Comitê Organizador da Copa 2014, por remessa ilegal de dinheiro. Freire não quis dar entrevista mas sua assessoria confirmou que o pedido oficial deverá ser enviado nas próximas horas à superintendência da PF, no Rio de Janeiro. Como parte da apuração, todos os documentos mantidos pela Justiça suíça contra Teixeira, por suposto suborno, poderão ser requisitados pelos investigadores brasileiros para ajudar a esclarecer as denúncias contra o dirigente e agente oficial da Fifa.
  Falando sob a condição de anonimato, um procurador da República de São Paulo confirmou que o processo suíço contra Teixeira, como agente da Fifa, também poderá ser requisitado para ajudar a fundamentar as denúncias de remessa ilegal de dinheiro. "Temos convênio com a Justiça suíça e esses documentos serão fornecidos se a Procuradoria pedir. Hoje, eu diria que a Suíça é o pior lugar do mundo para alguém fazer lavagem de dinheiro", adiantou o procurador.
  Marcelo Freire conhece bem Ricardo Teixeira desde as investigações realizadas durante a CPI do futebol entre 2000 e 2002. O procurador da República chegou a abrir processo contra Teixeira, mas os casos pararam na Justiça Federal do Rio de Janeiro. Na apuração feita pelo Senado, aparecem empréstimos contraídos pela CBF, no valor de U$ 36 milhões.
  Parte desse dinheiro veio do Delta Bank, que era dirigido por empresários brasileiros ligados a Teixeira, no Brasil. O empréstimo à CBF trouxe também o nome do homem que aceitou o desafio de ser o avalista da operação internacional: era o mesmo Ricardo Teixeira, que assinava como tomador, fiador e pagador de supostos juros de cerca de 50% ao ano. Nos anos 2000, a taxa de juro básica não chegava a 2% por cento ao ano, nos Estados Unidos.
  O pedido de investigação criminal de 2001 foi feito junto à Procuradoria Geral da República, em Brasília, em julho. Depois de análise feita pelo Grupo de Trabalho, que reúne procuradores federais e representantes das 12 sedes da Copa 2014, decidiu-se pelo envio da petição ao Rio de Janeiro, cidade onde reside o presidente da Confederação Brasileira de Futebol, Ricardo Teixeira. 
  A petição é assinada pelo presidente do Partido Republicano Brasileiro, Marcos Pereira. A bancada do PRB é formada majoritariamente por evangélicos. O partido usou a série de denúncias que a Rede Record levou ao ar contra os negócios de Teixeira dentro e fora do Brasil.
  No Rio de Janeiro, foi tomada outra decisão para agilizar o processo: distribuir o caso para uma vara criminal e o contemplado acabou sendo o procurador Marcelo Freire.
  Ricardo Teixeira também preside o Comitê Organizador Local da Copa 2014. As denúnicas contra ele são antigas, desde a saída de seu ex-sogro, João Havelange, nos 1970. Há quase dez anos, foi formada no Senado uma Comissão Parlamentar de Inquérito para levantar as piores denúncias contra Teixeira e a CBF.
  Interrogado pelos senadores, o presidente da CBF foi simplista: "Faço a mesma coisa que João Havelange fazia enquanto dirigia o o futebol brasileiro".
  Havelange deixou de dirigir o futebol brasileiro em 1974, quando assumiu a Fifa. Recentemente, a BBC de Londres fez uma série de reportagens sobre corrupção no futebol internacional. Parte das denúncias, segundo o jornalista escocês Andrew Jennings, atingiram Ricardo Teixeira e João Havelange.
  Em visita ao Brasil, Jennings afirmou que os dois brasileiros teriam feito um acordo com a Justiça suíça para não serem incriminados. O jornalista diz que Havelange e Teixeira teriam devolvido cerca de US$ 9 milhões, recebidos supostamente como proprinas eleitorais e negócios ilícitos.
  Na lista de empresas que teriam recebido dinheiro ilegal por para da International Sports Leasure (ISL), parceira da Fifa desde os anos 80, com João Havelange na presidência, estão nomes bem conhecidos das pessoas que falam português: Beleza, Wando, Sanud (Dunas), Sicuretta e Seprocom. Sanud e Sicuretta têm remessas de mais de US$ 15 milhões entre 1980 e 1999.
  A Justiça suíça trabalha com valores de caixa 2 que chegam a perto de U$$ 150 milhões, envolvendo vários digentes e ex-dirigentes da Fifa, em 20 anos. A investigação europeia começou com a falência da ISL, especializada em vendas de direitos para transmissão dos jogos das Copas do Mundo.
  Por trás das operações estavam a Adidas (50%) e a japonesa Dentsu (50%), em um joint venture formado em 1982. Um oficial do grupo japonês também foi investigado pelos promotores europeus: Haruyuki Takahashi seria o chefe de um grupo financeiro, com sede em Hong Kong, por onde transitou parte da dinheirama. Takahashi esteve no Brasil em 2011. Ainda está ligado à Fifa, organizando festas do clube de cartolas e convidados VVIP. ( very, very important people ou pessoas muito, muito importantes).
*Fonte: Uol
Abs
Dan Castanho

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Estreante Borges esfria concorrência com Fred e diz que só quer ajudar seleção

Artilheiro do Campeonato Brasileiro com 19 gols, Borges chegou à seleção de Mano Menezes com um discurso de novato. O atacante do Santos evitou falar em titularidade para o amistoso de quarta-feira contra a Argentina em Belém e também dosou palavras que pudessem sugerir qualquer tipo de concorrência com Fred, o outro jogador da posição convocado para a partida. “Estou confiante, mas estou aqui para ajudar a seleção brasileira. Independente de jogar, quero fazer o melhor com a camisa da seleção para conseguir uma sequência”, declarou o santista no estádio do Mangueirão, antes do treino da seleção nesta segunda, em questão sobre a concorrência com Fred. Em sua primeira oportunidade na seleção de Mano, Borges tem a companhia de jogadores do mesmo time, como Neymar, Danilo e Rafael. Assim, espera que a adaptação seja das mais amenas.

“Conheço a maioria dos jogadores, jogo junto com alguns deles. Acho que vai ser tranquilo. Espero poder jogar a mesma coisa que venho fazendo no clube”, afirmou.

Mesmo com 11 gols a menos em relação a Borges no Brasileiro, Fred é o favorito para sair jogando na partida de quarta em Belém, graças ao seu histórico de colaborações à seleção de Mano e em razão da sequência de convocações.

Atualmente, o preferido da posição é Leandro Damião, goleador do Internacional, que não pôde se juntar à seleção para o amistoso de Belém em razão de uma lesão.

Brasil e Argentina se enfrentam em Belém às 21h50 (de Brasília) de quarta-feira. O confronto vale o título do Superclássico das Américas, disputado em partidas de ida e volta, uma em cada país. No primeiro jogo, na casa dos rivais, empate sem gols em Córdoba.


(Uol esporte)


Att: Marcel Henrique


Sem Kleber, "esnobado" Palmeiras chega com segurança reforçada


  Depois de dar vexame contra o Atlético-GO, em Goiânia, e ceder o empate por 1 a 1 mesmo com dois jogadores a mais, o Palmeiras desembarcou por volta do meio-dia desta segunda-feira em São Paulo. O grupo não contava com Kleber, que foi liberado e antecipou o retorno para a noite de domingo, nem com os atacantes Ricardo Bueno e Maikon Leite, que permaneceram na capital goiana. 
  A preocupação com a segurança dos atletas após o vexame era patente: a equipe chegou ao aeroporto de Congonhas com nove seguranças, número acima do normal. No entanto, a esperada manifestação dos torcedores do time não aconteceu. Simplesmente nenhum apareceu para recepcionar o time. 
  Luiz Felipe Scolari não quis falar com a imprensa. Após a partida, ele e Kleber protagonizaram mais uma troca de farpas na temporada. O atacante disse que as únicas armas do Palmeiras são a bola parada e os cruzamentos de Marcos Assunção. O técnico respondeu dizendo que trabalha todos os fundamentos nos treinos diários. 
  Luan minimizou as declarações do companheiro de ataque e as atribuiu à "cabeça quente" do jogador após um empate com gosto de derrota. Segundo o atacante, também não há problemas em o capitão ter retornado sem o elenco do Palmeiras. 
 "Ele tem os problemas dele, conversou com o Felipão e fez o que tinha que fazer, que era jogar", declarou. "Todos saem nervosos, e ai saem algumas palavras em vão. Hoje, se for perguntado, ele pensa diferente"
  O atacante também se declarou envergonhado com o resultado. "Eu sinto, e todos sentem vergonha. Mas é do futebol, é assim mesmo. Não é a primeira nem a última vez. Temos que trabalhar firme"
  O descontentamento também era evidente na fala do goleiro Deola. "Não pode acontecer esse tipo de coisa. Não podíamos tomar tantos contra-ataques", declarou o camisa 22, que elogiou o a atuação do arqueiro rival. "A bola continua nao entrando, o Márcio fez duas grandes defesas no fim do jogo".
*Fonte: Terra
Abs
Dan Castanho

Depois do susto, um empate valioso

Botafogo  2 x 2  São Paulo

  Em um jogo difícil, contra um adversário postulante ao título nacional, o tricolor encontrou uma pedreira pela frente, e desta pedreira uma uruguaia por sinal, fez questão de deixar o caminho tricolor ainda mais difícil.
  Com dois gols ainda no primeiro tempo, anotados por "EL LOCO" o Botafogo parecia que tinha o jogo em suas mãos e que conquistaria mais uma vitória no Engenhão, lugar onde não costuma perder pontos.
  Do outro lado um São Paulo que Adilson Batista resolver aposta para o ligar de Dagoberto, nada mais, nada menos que ... MARLOS !! 
  Sinal que coisa boa não podíamos esperar nem do treinador, tão pouco do pouco produtivo jogador.
  O primeiro tempo, foi do Botafogo, o time paulista teve poucas oportunidades, a mais clara Lucas errou o gol ao tentar jogar por cima do goleiro, o Fogão por sinal, com dois gols de Loco Abreu fazia a festa da torcida local.
  No segundo tempo, com a entrada tardia de Rivaldo e com Henrique o São Paulo começou a melhorar, mas foi apenas após um gol incrível perdido pelo "El Loco" que o tricolor despertou, em uma bola rebatida Henrique descontou, e já no fim da partida, Rogério Ceni cobrou falta na cabeça de Rivaldo que empatou. O camisa 10 ainda quase marcou o terceiro, mas errou na força ...
  A próxima partida do tricolor será domingo que vem contra o Flamengo no Morumbi, partida esta que terá os retornos de João Felipe na zaga, Casemiro no meio, Dagoberto no ataque e também com a estréia de Luís Fabiano.

Abs
Dan Castanho - TRI Mundial !!!

domingo, 25 de setembro de 2011

No Engenhão, Tricolor encara mais uma decisão no Brasileiro


  O Campeonato Brasileiro é um dos mais difíceis do mundo. São 38 finais ao longo de toda a competição. Dificuldade que ficou ainda mais evidente em 2011. Com muitas equipes brigando pela liderança, cada rodada virou uma decisão. E é justamente este clima instalado no Engenhão.
  Na tarde deste domingo, São Paulo e Botafogo se enfrentarão de olho no topo da tabela de classificação. Com 45 pontos, o Tricolor Paulista é o atual vice-líder. Já o time carioca vem logo atrás com 44 pontos, mas com um jogo a menos que os demais.

Botafogo x São Paulo:
Tricolor leva vantagem por uma vitória

  Para terminar a rodada na liderança, o São Paulo terá de vencer os botafoguenses e torcer por um tropeço do líder Vasco, que enfrentará o Vasco, fora de casa. Além do trio, o Corinthians, que receberá o Bahia no Pacaembu, também briga pelo primeiro lugar no Brasileiro.

Recuperado de lesão, Denilson:
"Voltei para ser campeão"

 "O São Paulo vive um bom momento. Sabemos da importância da partida contra o Botafogo, que vem da vitória. Todos estão com o mesmo objetivo, que é de ser campeão", afirmou o volante Denilson.
  Para este jogo, o técnico Adilson Batista não poderá contar com três jogadores: João Filipe, Casemiro e Rhodolfo. Com isso, Xandão e Denilson deverão voltar ao time titular. Já no ataque são-paulino, Willian e Henrique disputam uma vaga ao lado de Lucas.
 " Feliz por mais uma oportunidade, será uma partida muito difícil e decisiva para o São Paulo. Um confronto direto. Sabemos que o Botafogo tem um jogo a menos. Temos de ir para o Rio e tentar a todo custo buscar os três pontos", ressaltou Xandão.
  Será uma partida muito complicada para o São Paulo. Mas a equipe já mostrou sua qualidade ao longo do Brasileiro e, por isso, é uma das favoritas ao título. Uma vitória neste domingo dará ainda mais moral e confiança ao grupo. E o atacante Luis Fabiano vem aí...

BOTAFOGO X SÃO PAULO

Estádio: Engenhão, Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 25/09/2011 - 16h (de Brasília)
Árbitro: Sandro Meira Ricci (Fifa-DF)
Auxiliares: Carlos Berkenbrock (Fifa-SC) e Fábio Pereira (TO)

BOTAFOGO: Renan, Lucas, Antônio Carlos, Fábio Ferreira e Cortês; Marcelo Mattos, Renato, Maicosuel e Elkeson; Herrera e Loco Abreu. Técnico: Caio Junior.

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Piris, Xandão, Rhodolfo e Juan; Denilson, Carlinhos, Wellington e Cícero; Lucas e Henrique (Willian). Técnico: Adilson Batista.
*Fonte: SPFC
Abs
Dan Castanho - TRI Mundial !!!

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Símbolo da retomada, Borges deixa Neymar para trás na artilharia santista

No dia 21 de agosto, o Santos conquistou sua primeira vitória fora de casa neste Brasileirão. Fez 2 a 1 no Bahia, pela penúltima rodada do primeiro turno da competição. Com o resultado, o time saía da zona de rebaixamento e subia para a 14ª posição. De lá para cá, embalou. Em oito jogos, seis vitórias e dois empates. Está atualmente em nono lugar, com 35 pontos e dois jogos a menos. O atacante Borges é o símbolo dessa retomada.

Com os 18 gols que fez no Brasileirão, Borges já é o principal goleador santista no ano, em 21 jogos disputados. Neymar e Elano têm 14, mas jogaram muito mais - ambos disputaram 37 confrontos.

Na sequência de oitos jogos sem derrotas do Peixe, o artilheiro do Campeonato Brasileiro marcou oito gols. Ele balançou as redes nas últimas cinco rodadas - Internacional (2), Avaí, Cruzeiro, Corinthians e América-MG. Marcou ainda contra Fluminense (duas vezes). O camisa 9 acabou se tornando o principal atacante santista. Nesse mesmo período, Neymar foi à rede somente uma vez, justamente no início da sequência, contra o Bahia. Por tudo isso, o artilheiro, que faz 31 anos no dia 5 de outubro, foi convocado pela primeira vez para defender a Seleção Brasileira. Ele foi chamado para disputar amistoso contra a Argentina, quarta-feira que vem, em Belém. Um prêmio pela excelente fase.

- Tenho de agradecer muito ao Santos por essa fase. É o melhor momento da minha carreira. Estou muito feliz com tudo o que vem acontecendo comigo.


(globo.com)

Att: Marcel Henrique

Com dois gols, Luis Fabiano se destaca em jogo-treino no CT

  O atacante Luis Fabiano foi o grande destaque do jogo-treino da tarde desta quinta-feira, no CT da Barra Funda, contra a equipe juvenil. O camisa 9, que está recuperado de lesão, fez dois gols na atividade, se movimentou bastante e atuou por cerca de uma hora.
  O técnico Adilson Batista começou o trabalho com a seguinte escalação: Léo, Jean, Xandão, Luiz Eduardo e Henrique Miranda; Rodrigo Caio, Denilson, Rivaldo e Marlos; Henrique e Luis Fabiano. Na primeira etapa, após cruzamento de Henrique Miranda, Marlos abriu o placar.
  Minutos depois, foi a vez da dupla Luis Fabiano e Rivaldo entrar em ação. O camisa 10 lançou Fabuloso, que invadiu a área com velocidade e bateu de esquerda para deixar sua marca. Durante toda a atividade, Luis procurou bastante o jogo e buscou a bola em todo o momento.
  No segundo tempo, Rivaldo seguiu como o principal articulador da equipe, enquanto Luis Fabiano mostrou que seu faro de artilheiro segue apurado. Após lançamento do camisa 10, Henrique invadiu a área pela esquerda e tocou no meio para Luis. O atacante, com categoria, tocou na saída do goleiro.
  O terceiro gol teria saído, mas Fabuloso parou em Denis. Depois de outro ótimo lançamento de Rivaldo, Luis Fabiano chutou forte, mas o goleiro defendeu. No rebote, o camisa 9 tentou de cabeça, mas Denis fez nova defesa. Após o lança, Luis Fabiano, sorrindo, foi falar com Denis.
  Após 57 minutos em campo, Luis Fabiano foi substituído por Willian. Na sequência, o atacante foi para o REFFIS. Na equipe juvenil, o atacante Ademilson, uma das apostas da base são-paulina, fez o gol de seu time.
*Fonte: SPFC
Abs
Dan Castanho - TRI Mundial !!!

Depois da vitória ...

Pedro Carmona pode estrear pelo Palmeiras
contra Atlético-GO



  O técnico Luiz Felipe Scolari estava na expectativa de promover a estreia do meia Pedro Carmona na partida contra o Ceará. Porém, diante das circunstâncias do duelo, o treinador preferiu deixar o reforço no banco durante todo o jogo e pensa agora na possibilidade de colocá-lo na próxima rodada do Campeonato Brasileiro.
 "Ele é um jogador bastante técnico e, neste tipo de jogo (com o Ceará), teria dificuldade, porque era muita bola aérea. O Estevam Soares mudou a escalação em relação ao jogo contra o São Paulo e colocou jogadores altos. Mas o Carmona vai ser colocado na equipe na medida em que pudermos, talvez já domingo", afirmou o técnico palmeirense.
  Felipão explicou que já havia até passado as orientações a Carmona sobre o que teria de ser feito no confronto com os cearenses. "Hoje (quinta), ele tinha a determinação de bater as faltas perto da área. Houve uma série de detalhes que falamos antes do jogo, mas não deu", complementou. 
  Agora, o atleta vive a expectativa de atuar pela primeira vez com a camisa do Palmeiras na noite de domingo, diante do Atlético-GO, no Serra Dourada. Depois de alguns treinos com o jogador, o atacante Kleber até afirmou ter ficado impressionado com a qualidade técnica do reforço palmeirense.
  Pedro Carmona foi contratado depois de uma boa passagem pelo Criciúma, que tentou impedir sua transferência. Porém, o clube que era dono de seus direitos, o São José-RS, conseguiu uma liminar e o negociou com o Palmeiras
*Fonte: Terra
Abs
Dan Castanho

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Aos 30 anos, Borges recebe 1ª convocação: 'Sem palavras para expressar a felicidade'

Borges, enfim, comemorou pela primeira vez na carreira a convocação para a seleção brasileira. Aos 30 anos (completa 31 no dia 5 de outubro), o atacante foi chamado por Mano Menezes para o Superclássico das Américas, contra a Argentina, no dia 28, em Belém.

“Não tenho palavras para expressar minha felicidade”, foi a reação de Borges nos minutos após receber a notícia da convocação pela assessoria de imprensa do Santos.

O atacante já havia expressado a ânsia pela convocação, sem acreditar que a idade possa atrapalhar os planos de Mano Menezes de renovação da seleção.

“Chegar em uma Copa (do Mundo) com 33 não é tão velho. Chegam jogadores com 34, 35 anos e correspondem. É questão de oportunidade. Se aparecer, vou procurar mostrar o valor. Para isso antes de pensar na Copa, tem que pensar primeiro em um dia aparecer a primeira oportunidade””, avisou o goleador.

Borges é o artilheiro do Campeonato Brasileiro com 18 gols, em 21 jogos. A média de 0,85 tentos por partida é o quarto maior da história do SAntos e o melhor após a Era Pelé. No ranking da média de gols, o atual camisa 9 está atrás de três ídolos da história santista: Feitiço (1,43 gol por partida), Pelé (0,98) e Araken (0,92).


Att:Marcel Henrique

Jogo fraco e empate ruim para os dois

São Paulo  0 x 0  Corinthians


  Os dias que antecederam o clássico entre São Paulo e Corinthians foram marcados por tensão. Por isso, a expectativa era de grande jogo no Morumbi, mas não foi o que se viu. Os dois times penaram nas finalizações, maltrataram as "últimas bolas" e deixaram o estádio com um amargo 0 a 0, deixando o momento propício para lamentar a ausência de seus principais astros, os atacantes Luis Fabiano e Adriano, que sequer estrearam. 
  O clássico foi truncado desde o primeiro minuto de partida. Faltas, chegadas mais duras e forte marcação marcaram os primeiros 45min do confronto. Chances de gol mesmo eram poucas, e acabavam desperdiçadas pelos atacantes de ambos os times. A oportunidade mais clara veio com o volante Casemiro, que aproveitou cruzamento de Dagoberto pela direita e cabeceou na trave. 
  Com Willian, Emerson e Liedson no setor ofensivo, o Corinthians pouco produzia. Nas poucas vezes que alcançava o sistema defensivo tricolor, era desarmado ou perdia a posse de bola com finalizações ruins. O camisa 9 Liedson, que pouco tocou na bola, deixou o gramado ainda aos 20min da etapa complementar, com dores. O meia Danilo entrou no gramado e, mais recuado, pouco fez. 
  Pelo São Paulo, o mais perigoso era Lucas. Sempre veloz, o jovem da Seleção Brasileira levava perigo à defesa alvinegra e conquistava faltas perigosas na entrada da área, principalmente no primeiro tempo. Contudo, caiu de produção nos 45min finais e, apesar de buscar o jogo mais do que os demais, penava na hora da finalização - como aos 20min, quando deu chute medonho que alcançou as arquibancadas. Dagoberto, por sua vez, não viveu noite inspirada. 
  A péssima noite de finalizações no clássico teve seu ápice no finzinho do duelo. Primeiro, aos 40min, Emerson recebeu pela direita, passou pela marcação e bateu na rede pelo lado de fora, em chute rente à trave de Rogério. Depois, nos acréscimos, puxou contra-ataque, levou a marcação e deu nos pés de Willian que, sozinho, finalizou nos pés dos defensores tricolores e desperdiçou a "bola do jogo". Desfecho perfeito para uma noite pífia em finalizações. 
  Agora, os dois times seguem à espera do retorno de seus principais reforços. Os atacantes Luis Fabiano e Adriano foram contratados a peso de ouro pelos dois clubes, mas sofreram com lesões inesperadas. A do são-paulino foi no tendão da coxa direita, enquanto o corintiano recupera-se de trauma no tornozelo. Suas estreias acontecerão em outubro, em partidas ainda indefinidas. Até lá, alvinegros e tricolores continuam "carentes" de seus astros. 
  Com o empate fora de casa, o Corinthians chegou aos 44 pontos e continua na terceira colocação do Campeonato Brasileiro. O São Paulo, por sua vez, alcançou os 45 pontos e atingiu a liderança provisória da competição, já que supera o Vasco nos critérios de desempate. Contudo, o time carioca volta a campo nesta quinta-feira, contra o Atlético-GO, em São Januário, e pode abrir três pontos de diferença no topo da tabela.
*Fonte: Terra
Opinião
 
  " O medo de ganhar tira a vontade de vencer"
 
  Isso cabe ao treinador sãopaulino Adilson Batista, contra um adversário que jogou o jogo todo apenas se defendendo, e com seu time precisando dos 3 pontos, faltou ousadia ao comandante tricolor.
  Demorou MUITO para mexer no time, deveria ter tirado um volante e pressionar mais o adversário, mas não, manteve seus 3 volantes, também demorou demais para colocar o Rivaldo, na minha opinião ele poderia até ter começado jogando, como não fez isso, o mínimo que tinha que fazer era colocar ele no começo do segundo, mas não, "ele" resolver esperar mais para fazer isso...
  Infelizmente, time não consegue uma boa sequência de vitórias, e isso impede que o São Paulo fique  e se mantenha em primeiro na tabela, posso até me enganar, e DEUS queira que isso aconteça, mas não vejo o tricolor sendo campeão com Adilson Batista. 
  A maior esperança sãopaulina esta no futebol de Luís Fabiano, tudo depende da sua volta aos gramados e de como será seu futebol em seu retorno aos gramados.
 
  Mudando de assunto ...
   Alguns  fazem"novela" sobre o destino de Neymar ...
  Outros sobre Dagoberto ...
  MEU DEUS ...
 
Abs
Dan Castanho - TRI Mundial !!!
 

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Andrés ameaça demitir Adriano

O atraso de Adriano ao treino da última segunda-feira resultou numa multa de 10% no salário do jogador, mas a direção avisou que não tolerará novas faltas. Ao Imperador, o presidente Andrés Sanches avisou que poderá até rescindir seu contrato em caso de novo deslize. A irritação do dirigente "vazou" na imprensa e foi confirmada por fontes ligadas à comissão técnica e à diretoria do clube.

O deslize ocorreu na segunda-feira. Adriano não compareceu ao CT Joaquim Grava no horário estipulado para treinar. O diretor de futebol Roberto de Andrade comunicou a imprensa de que ele será multado em 10% de seus vencimentos. Segundo o clube, o jogador trabalhou normalmente na manhã desta terça.

O Imperador foi liberado pelo corpo clínico do Timão no sábado, com retorno previsto às atividades na segunda, a partir das 16h. Entretanto, o centroavante chegou ao local por volta das 18h, alegando um atraso em seu voo do Rio de Janeiro para São Paulo. A direção, porém, não permitiu que ele treinasse para não esticar o horário dos funcionários do departamento.

Apesar do deslize de Adriano, a comissão técnica mantém a expectativa de que ele estreie na partida contra o Atlético-GO, dia 9 de outubro, no Pacaembu.

Fonte: GloboEsporte


É... não tropeça que a fila anda.

Abs,

Renatinha

Com Morumbi cheio, São Paulo recebe o Corinthians


  Um clássico muito esperado por todos. E que tem tudo para ser um dos melhores jogos deste Campeonato Brasileiro. É assim que está sendo aguardado o clássico entre São Paulo e Corinthians, na noite desta quarta-feira, no Estádio do Morumbi.
  Com 44 pontos, o Tricolor Paulista é o atual vice-líder do Brasileiro, com um ponto a menos que o Vasco. Já o rival paulista tem 43. Para ser o líder, a equipe são-paulina terá de vencer no Morumbi e torcer por um tropeço dos cariocas diante do Atlético-GO, no Rio de Janeiro.
  Os jogadores são-paulinos descartam qualquer clima de revanche, já que o Corinthians venceu no primeiro turno, em partida realizada no Pacaembu. Neste duelo, o então técnico Paulo César Carpegiani teve diversos desfalques.
 "Sempre muito bom ter o elenco todo à disposição. Grandes jogadores estão voltando. O campeonato é longo e tem de ter elenco para ganhar e peças de recomposição. É bom também ter este entrosamento", disse Lucas, que, na Seleção, não enfrentou o Corinthians nos dois jogos da temporada.
  Muito diferente do primeiro turno, o São Paulo chega confiante para o clássico desta quarta. Confiança que também contagiou a torcida. Até a última terça-feira, quase 40 mil ingressos foram vendidos. O meia Rivaldo, adorado pela torcida, espera o Morumbi lotado diante do rival.
 "Fico feliz por já ter vendido muitos ingressos. Certamente a torcida vai nos apoiar bastante e precisaremos disso. É um clássico e seria muito legal conseguir esta vitória. Precisamos de 100% de apoio das arquibancadas", ressaltou o camisa 10.
  Para esta partida, o técnico Adilson Batista contará com o retorno do atacante Dagoberto, suspenso no último jogo do Brasileiro. Além disso, em relação ao time que enfrentou o Corinthians no primeiro turno, o treinador terá quase meio time titular como reforço.
 "São duas equipes fortes, mas dentro de casa temos de nos impor e buscar a vitória os 90 minutos. O time conquistou uma bela vitória no último jogo e agora temos de manter isso", completou Dagoberto.
  Ingredientes não faltarão para o grande jogo desta noite. O Morumbi certamente vai ferver!

SÃO PAULO X CORINTHIANS

Estádio: Morumbi, São Paulo (SP)
Data/hora: 21/9/2011 - 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Wilson Luiz Seneme (Fifa-SP)
Auxiliares: Roberto Braatz (Fifa-RS) e Altemir Hausmann (Fifa-RS)

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Piris, João Filipe, Rhodolfo e Juan; Wellington, Carlinhos, Casemiro e Cícero; Lucas e Dagoberto. Técnico: Adilson Batista

CORINTHIANS: Julio Cesar, Alessandro, Wallace, Paulo André e Leandro Castán; Ralf, Paulinho, Alex e Willian; Emerson e Liedson. Técnico: Tite.
*Fonte: SPFC
Abs
Dan Castanho - TRI Mundial !!!