terça-feira, 30 de outubro de 2012

Santos prepara desmanche para enxugar folha salarial e pagar por reforços em 2013

A diretoria do Santos enfrenta problemas para reforçar o elenco visando à próxima temporada. A cúpula santista pretende contratar jogadores de expressão, mas tenta não inflacionar a sua folha de pagamento. Para isso, os dirigentes procuram reduzir a despesa atual do departamento de futebol.

Desta forma, o técnico Muricy Ramalho e o Comitê Gestor do Santos planejam uma reformulação no grupo de jogadores, ação mais conhecida no futebol como “desmanche”.
Muricy tem à disposição 36 jogadores no elenco. Se não bastasse, o treinador terá o retorno de mais cinco atletas que estão emprestados e não foram aprovados por ele nesta temporada – casos de Tiago Luis, Breitner, Rafael Caldeira, Anderson Carvalho e Dimba . Entre os 41, duas dezenas podem deixar o clube.
Isso porque Muricy Ramalho prioriza a contratação de no mínimo quatro jogadores de peso, além dos atletas que chegariam para reforçar o banco de reservas. A ideia do comandante santista é fechar o elenco com pouco mais de 25 jogadores.
A maioria dos atletas que possui contrato até dezembro – Aranha, Fucile, Bruno Rodrigo, Juan, Léo, Ewerton Páscoa e Bernardo – deverá deixar a Vila Belmiro. Entre eles, apenas o zagueiro Bruno Rodrigo negocia a renovação contratual. O experiente Léo depende de sua recuperação física para iniciar as conversas com a diretoria.
Além dos atletas que ficam sem contrato no final do ano, a cúpula santista pretende emprestar alguns jogadores revelados pelo clube. Como não foram aproveitados por Muricy Ramalho, o zagueiro Gustavo, os laterais Crystian e Douglas, os volantes Alan Santos e Alison e os meias Pedro Castro e Geuvânio.
A lista dos atletas que não estão nos planos de Muricy Ramalho ainda conta com Gerson Magrão, que tem contrato até o fim de 2013, João Pedro, que tem vínculo até o fim de 2014 e Bill, que assinou até o término da Copa do Mundo de 2014.

A cúpula santista tentará ao máximo enxugar a folha de pagamento para não ultrapassar de mais o teto salarial em 2013. Isso porque Robinho e Diego, atletas que estão na mira da diretoria, ganharão entre R$ 700 e R$ 900 mil de salário caso retornem ao clube.

Além disso, o Santos terá que abrir os cofres para pagar o Milan, da Itália, e o Wolfsburg, da Alemanha, para trazer a dupla campeã brasileira de 2002.




Att: Marcel Henrique

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Jogo da volta entre São Paulo x Universidad de Chile acontecerá no Pacaembu

A partida de volta entre São Paulo e Universidad de Chile, no dia 7 de novembro, pelas quartas de final da Copa Sul-Americana, será no Estádio do Pacaembu e não no Morumbi.
Isso porque o Cícero Pompeu de Toledo receberá no dia 11 o show da cantora norte-americana Lady Gaga. Em 2012, a casa são-paulina já foi palco do show do ex-baixista do Pink Floyd, Roger Waters.
Ainda neste ano, o São Paulo receberá o show da cantora Madonna, que acontecerá nos dias 3 e 4 de dezembro. Dessa forma, o clube terá que mandar sua partida pela última rodada do Brasileirão, contra o Corinthians, longe do Morumbi.
Recentemente, a Universidad de Chile enfrentou o Santos no Pacaembu, em jogo válido pela decisão da Recopa Sul-Americana. O Peixe bateu os chilenos pelo placar de 2 a 0 e se sagrou campeão da competição.



Última vez no Pacaembu, como mandante, foi em 2006
O São Paulo voltará depois de seis anos ao Estádio do Pacaembu para jogar como mandante. A última vez que isso aconteceu foi em 2006, quando o Tricolor recebeu o Paulista de Jundiaí, pelo Estadual.
Na ocasião, o Sampa goleou por 5 a 1, gols de Danilo, Souza, Rogério Ceni e Alex Dias (2).

Fonte: Lancenet.com.br (Imagem: Bruno Cassucci)


OPINIÃO

Ao contrário do que muitos tricolores podem pensar, o Pacaembu sim é um bom estádio para o São Paulo jogar.

Bonito, com uma rica história (inclusive Tricolor),belo gramado e de fácil localização, além de ser mais "caldeirão" que o Morumbi, a diretoria acertou na escolha do estádio para o 2º jogo contra a La U.

A Arena Barueri é um belo estádio, mas muito longe...imagina sair de lá 23h30 e ainda depender de transporte público pra voltar ?

Gostem a maioria ou não, o Morumbi precisa sim ser usado para shows, pois rende quantias generosas de dinheiro aos cofres do clube.

Então, sem stress.

Boa escolha do Tricolor e que a torcida compareça em peso neste jogo, empurrando o time para a conquista da vaga na semi da Sul Americana.



 
 








 

domingo, 28 de outubro de 2012

Morumbi: São Paulo e Andrade Gutierrez devem fechar contrato com a XYZ Live nesta semana

O São Paulo e a construtora Andrade Gutierrez, que fará a obra de reforma de cobertura e da arena de shows no Morumbi, avançaram nas minutas do contrato com a XYZ Live, e devem selar o acordo nesta semana.
O contrato entre São Paulo e Andrade Gutierrez já foi selado. Agora, após o anúncio da XYZ Live como gestora da arena de 25 mil lugares que será construída em um pedaço do Morumbi, a empresa será incluída formalmente no acordo, e ficará responsável pela comercialização dos eventos e exploração de marketing no novo espaço.
Segundo a diretoria do São Paulo, as obras da cobertura devem começar até o fim de 2013, após a última utilização do estádio no Campeonato Brasileiro e na Copa Sul-Americana. Neste momento, estão sendo finalizadas as instalações de pontos de fundação. A obra terá custo de R$ 300 milhões, bancados pela construtora Andrade Gutierrez, que ficará com a receita obtida com a exploração da arena por período ainda indeterminado.


Apesar do atraso para conseguir os alvarás com a prefeitura de São Paulo para a liberação da obra, desde dezembro do ano passado, a diretoria tricolor mantém a previsão de conclusão para 18 meses, assim que a reforma começar.
A troca de cadeiras do Morumbi também avança. Além dos setores amarelo e Visa da arquibancada, agora o laranja também já recebe os novos assentos, de cor vermelha.
A obra do Bar Brahma, que será instalado no estádio, sofre atraso porque agora o clube acredita que colocá-lo próximo ao portão 4 do Morumbi pode acumular o fluxo de pessoas, por conta dos outros estabelecimentos no local. O bar, então, deve ser instalado perto dos portões 2 ou 17.

Fonte: Lancenet.com.br


OPINIÃO

È o Morumbi ganhando uma nova cara aos poucos, com mais modernidade, conforto e adequado as necessidades de uma grande cidade como São Paulo.

A Arena de 25mil lugares será um show á parte a fará com que o clube entre de vez na disputa para sediar eventos musicais de médio porte, além de eventos de MMA ou outros esportes.

Vamos acompanhar.



sábado, 27 de outubro de 2012

Lucas dá show, faz hat-trick e Tricolor vence o Sport


Antes de começar a rodada deste sábado, todos diziam que o São Paulo tem pela frente uma sequência complicada no Campeonato Brasileiro. E, nessas horas, é bom contar com jogadores diferenciados, que são capazes de decidir uma partida. Lucas foi esse jogador para o Tricolor Paulista na noite deste sábado.
O camisa 7 deu show, marcou três gols e comandou a vitória do São Paulo sobre o Sport por 4 a 2, em plena Ilha do Retiro. Rivaldo, contra, fez o outro. Foi a primeira vez no time profissional são-paulino que Lucas fez três gols em um mesmo jogo. Parece ter escolhido o momento certo para isso.
O baile comandado por Lucas deixou o Tricolor com 58 pontos e dentro do G4, sete pontos a mais que o Internacional, que passou o Vasco. Além disso, a equipe colou no Grêmio e a diferença caiu para dois pontos. Nas duas próximas rodadas, Fluminense e o próprio time gaúcho serão os adversários. Essa é a sequência difícil que todos estavam dizendo, mas não contavam com o show do craque são-paulino.
COMEÇOU O SHOW
O São Paulo entrou em campo com novidades na escalação. Sem Denilson (suspenso) e Osvaldo (lesionado), Ney Franco colocou Maicon e Douglas na equipe. No entanto, o Sport foi mais ligeiro que o Tricolor e abriu o placar na Ilha do Retiro aos 13 minutos com o atacante Gilberto.
Mas, a partir daí, o São Paulo tomou conta da partida e tudo começou a dar certo. Aos 17 minutos, Lucas soltou um petardo de fora da área e não deu chances para Saulo. O meia-atacante viraria a partida aos 29. No lance, Saulo soltou a bola non pé do são-paulino, que empurrou para o fundo da rede.
Com mais posse de bola, o time paulista chegou ao terceiro gol. Aos 33 minutos, Luis Fabiano tocou para Cortez, que poderia fazer o gol. Porém, Rivaldo chegou antes e marcou contra. Outro destaque na primeira etapa foi Rogério Ceni, que fez pelo menos três boas defesas e evitou mais gols dos pernambucanos.
HAT-TRICK
No início do segundo tempo, Ney Franco precisou fazer a primeira mudança. O treinador tirou Maicon, com dores musculares, e colocou o garoto Ademilson. A noite era de Lucas. Aos 13 minutos, o camisa 7 tabelou com Luis Fabiano e tocou na saída de Saulo para marcar o terceiro dele no jogo, o quarto do Tricolor.
Rogério Ceni também merece destaque. Aos 26 minutos, o M1TO fez excelente defesa em chute de Hugo. Após o lance, Casemiro foi para o jogo na vaga de Denilson. Aos 34, Rogério nada pode fazer para evitar o segundo gol do Sport, marcado por Hugo de pênalti. Nesta altura da partida, o Tricolor já dominava por completo o adversário.
Aos 38, Cícero foi a campo na vaga de Paulo Miranda. Uma vitória importante para o Tricolor, que abriu mais vantagem em relação ao quinto colocado e colou no Grêmio, que empatou na rodada. Nesta reta final do Brasileiro, a equipe encontrou uma maneira de jogar e conta com diferencial de ter jogadores como Rogério Ceni, Wellington, Lucas, Luis Fabiano...

Fonte: saopaulofc.net (Imagem: Rubens Chiri / Perspectiva / Agência Estado)

OPINIÃO
Vitória maiúscula e com propriedade do São Paulo....extremamente importante para as pretensões do time no brasileirão.
Lucas hoje deu show e marcou "só" três" vezes.
Três de Lucas que garantem três importantes pontos.
Vai Tricolor!
Abraços,
Wanderson Mioto
 



Vitória em treino de luxo!

Corinthians 1 x 0 Vasco
 
Com foco no Mundial, Corinthians volta a usar titulares e mesmo em jogo morno, vence o Vasco no Pacaembú.
 
Diante do nosso eterno freguês e com a velha postura imposta pelo técnico Tite, o Timão "cozinhou" a partida com muita paciência, teve maior posse de bola desde o início da partida mas sem grandes chances de gol, as poucas oportunidades criadas foram defendidas pelo goleiro vascaíno, que segurou o 0x0 na primeira etapa. A equipe carioca teve apenas uma chance, com uma bola no travessão após cobrança de falta.
 
O segundo tempo não foi diferente e mesmo com uma boa marcação da defesa vascaína, o Corinthians não se desesperou e achou seu golzinho, após bate rebate na área, o centroavante Paolo Guerrero estufou a rede de Fernando Prass. Depois disso não aconteceu mais nada, a não ser a virada do Inter no Beira Rio que deu alegria dobrada ao torcedor corinthiano.
 
DESTAQUE
 
Chicão e Paulo André
Jogando com muita firmeza e segurança, a dupla de zaga corinthiana parecia entrosada, fizeram uma boa partida e ajudaram a segurar o zero no placar.
 
Ralf
Com esse não tem tempo ruim, não importa o peso do jogo, sua raça dentro de campo é impressionante!
 
Guerrero
Creio que ainda pode melhorar, mas fica o destaque pelo gol da vitória.
 
CORNETA
 
Alessandro e Fabio Santos
Como é difícil vê-los fazer algo diferente, pegam a bola e tocam de lado, pegam a bola e tocam de lado, um cruzamento, um belo passe que é bom nada.
 
Abraços.
 
Léo Cavallieri
Corinthians, jogai por nós!

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

La U derruba Emelec e pega São Paulo nas quartas de final

O Universidad de Chile será o adversário do São Paulo nas quartas de final da Copa Sul-Americana. A equipe chilena derrotou o Emelec por 1 a 0, em Guayaquil, na noite desta quinta-feira, e segue na luta pelo bi da competição continental (em 2011 derrotou na final a LDU, também do Equador). No duelo de ida, em Santiago, houve empate por 2 a 2, que dava aos equatorianos a condição de jogarem até pela igualdade em 1 a 1 em casa.
Com uma boa vantagem nas mãos, o Emelec poderia ter deixado a sua classificação encaminhada na primeira etapa, mas se fartou de perder oportunidades, deixando o placar sem abertura de contagem.
Colocando em prática a máxima “quem não faz leva”, a La U fez a festa de sua pequena torcida presente no Estádio George Capwell. Aos 12 minutos, a defesa local bateu cabeça e entregou de bandeja para Enzo Gutierrez que dominou e finalizou sem chances para Wilmer Zumba.

O que se viu a partir daí foi uma pressão desesperada do Emelec em busca do gol salvador. O forte bloqueio defensivo dos chilenos, porém, suportou as cargas e garantiu o triunfo da Universidad de Chile, que passou às quartas de final para enfrentar o São Paulo. O primeiro duelo com o Tricolor será na próxima quarta em Santiago, com a vaga às semifinais sendo decidida no Morumbi.

Fonte: Globoesporte.com


OPINIÃO

Parada duríssima para o tricolor na próxima fase da Sul-Americana.

A La U é o atual time campeão do torneio, joga um bom futebol e chegou inclusive a ser semifinalista da Libertadores 2012, sendo eliminado pelo Boca Juniors.

Será um confronto de gigantes e o momento ideal para o São Paulo se testar frente a um time sul-americano realmente forte e, também, testar seu poder de decisão em um torneio tão competitivo, mostrando se está realmente apto a ganhar o título ou se vai jogar tudo pro alto.

Que o tricolor jogue as duas partidas com absoluta competência e consiga a vaga na semi.

Vai ser difícil, mas é hora do Tricolor resgatar sua gigante história no cenário sul-americano.






quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Tricolor não cumpre o dever de casa, mas leva a vaga na Sul-Americana


Jogando um 1º tempo aceitável, onde sobrou raça e vontade, mas faltou tranquilidade na hora de marcar e, um 2º tempo medíocre, onde faltou futebol e inteligência pra ganhar o Tricolor não fez nem mesmo a lição de casa contra o LDU de Loja em pleno Morumbi, mas, mesmo assim garantiu a classificação.

O resultado de 1 x 1 no jogo de ida, deu a vantagem para o São Paulo que, mesmo conseguindo a façanha de não marcar gols contra a LDU, conseguiu passar de fase.

O Tricolor foi valente na primeira etapa do jogo, correu, deu pressão, tentou encurralar a LDU, mas faltou tranquilidade para meter a bola na rede, um pouquinho de sorte em alguns lances e, também, contou com as trapalhadas do juizão Júlio Quintana, que não marcou dois pênaltis escandalosos a favor do nosso time.

Tivemos boas chances aos 06min com chute de Cortez que estufou a rede pelo lado de fora, aos 20min em belo chute de Ademilson defendido pelo goleirão e aos 26min quando Osvaldo quase marcou um golaço, semelhante aquele que fez contra o Vasco, porém, desta vez, por capricho a bola não entrou.
 

Aos 11min tivemos um pênalti escandaloso em Ademilson, que literalmente tomou um "rapa" do zagueirão. Mas só o juiz não viu.

Porém, o lance mais bizarro aconteceu aos 46min quando o jogo se encaminhava para o final da primeira etapa. Paulo Miranda foi brigar por uma bola que ia saindo pela linha de fundo e acabou tomou uma cotovelada grotesca do zagueiro Vera.

Pênalti!!!

Pênalti???

Pois é, o juizão na hora apontou para a marca da área indicando a penalidade, mas sabe-se lá por qual motivo, voltou atrás, e simplesmente deu tiro de meta pra equipe Equatoriana e logo em seguida encerrou o 1º tempo.

Os jogadores ainda foram reclamar com o juizão, mas a segunda presepada do dia estava feita e não tinha mais o que reclamar.





Bastava apenas voltar ao 2º tempo e fazer gol...ao menos continuar jogando bola e tentar, pois o adversário jogava fechado e claramente apostava em um lance de bola parada ou de sorte mesmo para ganhar o jogo.

Mas o Tricolor nem isso fez, e de maneira morosa, irritante e perigosa, não conseguiu criar praticamente nada, tendo apenas dado dois chutes a gol, um com Lucas e outro com Osvaldo.

Insistiu burramente em jogadas de lançamento e correria que não deram resultado nenhum.

Ainda tomou alguns sustos em bolas da LDU alçadas para a área.

No final, permaneceu a superioridade técnica (ao menos no papel) e experiência Tricolor que garantiram um xoxo 0 x 0 e a classificação para as quartas da Sul-Americana.

Sinceramente o que se viu no 2º tempo foi preocupante e se o São Paulo não fizer o favor de jogar bola, vai perder para o Sport fora no próximo jogo pelo Brasileirão e vai se complicar no G4, além de encarar uma pedreira na outra fase da Sul-Americana, que sai do confronto entre Universidad do Chile/Lau (atual campeã) e Emelec, do Equador.

Hoje Ney Franco demorou demais pra mexer e podia ter colocado Maicon ou Cícero para cadenciarem mais o jogo e tornar as coisas mais leves.

Foi preocupante também o fato de que, quando Luis Fabiano não joga, o Tricolor não tem ninguém decente capaz de fazer gol e decidir.

Tem que abrir o olho para os próximos jogos do ano, senão vaga de Libertadores e título da Sul-Americana já eram!

Tricolor, vamos jogar bola porque os próximos confrontos nas duas competições são pedreiras.

Se nem a lição de casa contra um time fraquíssimo vocês conseguiram fazer, quem dirá às próximas que são realmente complicadas?

Sei não viu...

Obs: Em tempo, o Vasco perdeu para o Inter de 2 x 1 em São Januário.Ainda temos a vantagem de cinco pontos no Brasileirão.Mas é bom não vacilar mais.

Fonte: Imagem ( Globoesporte.com - Alex Silva / Agência Estado)



quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Miralles é vetado de treinos na semana e abre espaço para retorno de André no ataque

O argentino Miralles foi vetado mais uma vez das atividades com bola no CT Rei Pelé. O atacante se recupera de uma lesão no calcanhar esquerdo, faz tratamento na academia do clube, e abre espaço no ataque para o retorno de André, que ficou como opção no banco de reservas na última rodada.  
Desta forma, o camisa 9 deve formar a dupla ofensiva do Santos com Neymar na partida contra o Náutico nesta quinta-feira, às 21h (de Brasília), na Vila Belmiro, pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro.
Miralles, que marcou três gols nos últimos quatro jogos do Santos, sentiu a lesão na derrota do Santos diante da Ponte Preta por 1 a 0 no último domingo, em Campinas.
Além de Miralles, o técnico Muricy Ramalho não contará com os laterais Bruno Peres e Léo. O primeiro cumpre suspensão automática, enquanto o veterano sofreu uma lesão de grau 3 em músculo na virilha e só deve retornar aos gramados em 2013.
Galhardo será o titular da posição na lateral direita. Na esquerda, Gerson Magrão deve mais uma vez ganhar a disputa com Juan.
Desta forma, o Santos enfrenta o Náutico com a seguinte formação: Rafael, Galhardo, Bruno Rodrigo, Durval, Gerson Magrão; Adriano, Henrique, Arouca, Felipe Anderson; André e Neymar.

 Edu Dracena corre no gramado, mas só volta em 2013

Outra novidade no treino do Santos foi a presença do zagueiro Edu Dracena, que correu em volta dos campos do CT Rei Pelé. O capitão santista se recupera de lesão ligamentar no joelho esquerdo, sofrida na empate sem gols contra o Botafogo, no dia 18 de julho, pela 10ª rodada do Brasileiro.
Apesar do primeiro treino fora da academia, Dracena só retorna ao time no inicio de 2013, provavelmente nas primeiras rodadas do Campeonato Paulista.


Att: Marcel Henrique

Felipe Anderson agradece liberdade com três volantes, mas promete ser '10 marcador'

O meia Felipe Anderson, que assumiu a posição de titular após a transferência de Paulo Henrique Ganso para o São Paulo, acredita que sua evolução em campo se deve ao fato de Muricy escalar três volantes na equipe – Adriano, Henrique e Arouca.

“Sempre quando ele me colocava de volante ou mais atrás, não entendiam e falavam muito. Mas sempre ele fala que, com três volantes, eu tenho mais liberdade, me sinto mais à vontade para chegar e finalizar. Sempre ele falou, independente da posição, que eu tinha força e qualidade para jogar”, afirmou Felipe Anderson.
Apesar de satisfeito com a nova função em campo, o meia promete continuar agradando Muricy Ramalho em relação à marcação dentro de campo. Bastante cobrado pelo treinador nesse quesito, Felipe Anderson não se ilude com o fato de vestir a camisa 10.

“Na base (categorias de base) eu jogava meio solto mesmo, sem responsabilidade de marcar, mas eu sempre ajudei e voltei. Estou feliz de estar ajudando a equipe na marcação, roubar a bola, fazer uma falta para parar a jogada”, disse.

Felipe Anderson marcou quatro gols em 48 jogos com a camisa do Santos. O meia é o segundo atleta que mais defendeu o clube nesta temporada – só perde para o zagueiro Durval. Além dos gols, o atleta foi responsável por três assistências a gol no Campeonato Brasileiro.

Uol esporte

 

Att: Marcel Henrique

segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Luis Fabiano é absolvido e escapa de suspensão que o tiraria do Brasileiro

O atacante Luis Fabiano escapou de punição ao ser absolvido por unanimidade em julgamento realizado no início da noite desta segunda-feira, no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). Denunciado por simulação de agressão em lance com o zagueiro Maurício Ramos, do Palmeiras, no clássico do último dia 6 de outubro, o camisa 9 foi enquadrado no artigo 258 (assumir conduta contrária à ética desportiva) do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que prevê suspensão de uma a seis partidas e poderia tirá-lo do restante do Campeonato Brasileiro.
O advogado do clube tricolor, Theotônio Chermont de Britto, baseou sua defesa no fato de que o jogador não tentou induzir o árbitro ao erro, já que a bola bateu com força em sua barriga antes da queda. E, se ele levou as mãos ao rosto, é subjetivo admitir que reclamava de pênalti.
- Não é digno nem de advertência. Se não tivesse sido repetido em um quadro no SporTV, teria passado despercebido pelo tribunal. É fantasia da procuradoria e seria tirar a soberania do árbitro, que não se manifestou. Se houvesse simulação, ele é que teria de ser punido por não ter agido na situação - acredita Theotônio, em referência à vitória na irônica eleição de "ator da rodada" promovida pelo programa Redação SporTV.
O primeiro auditor concordou com o argumento de subjetividade do advogado e lembrou que não houve ressalva na súmula sobre o lance. Já o segundo, inclusive, lamentou o julgamento em si, temendo que o STJD fique marcado como o vilão na reta final da competição. O terceiro, por sua vez, afirmou que houve clara simulação, mas não votou pela punição. Réu primário no caso, o atacante, que não compareceu ao tribunal, foi apenas advertido.



O Fabuloso deixou o jogo contra o Flamengo, domingo passado, com dores na coxa direita, que não detectaram lesão. No entanto, Luis Fabiano não terá condições de enfrentar a LDU de Loja, do Equador, nesta quarta, pela Copa Sul-Americana. Sua volta já está sendo preparada para o duelo com o Sport, sábado, na Ilha do Retiro, pela 33ª rodada do Brasileirão.
Na mesma pauta, um dos gandulas contratados pelo São Paulo também foi absolvido por ter sido expulso pelo árbitro Paulo César Oliveira, durante o mesmo confronto, ao retardar uma reposição de bola. O clube, porém, recebeu uma multa de R$ 1 mil pelo fato.

Fonte: Globoesporte.com (Imagem: João Pires / VIPCOMM) 


OPINIÃO

Ufa! Um adversário a menos para o Tricolor nesta reta final de campeonato.

Já não basta a sequência duríssima de jogos que temos pela frente, contar com uma suspensão de Luis Fabiano, imposta pelo STJD justo agora seria demais, né?

Independente de ser o julgamento de um caso ridículo com um jogador nosso, é fato, notório que o STJD está vasculhando seu amplo arquivo de imagens afim de prejudicar algum time no torneio, seja pelo motivo que for.

Ao não ser que o seu time seja o Flamengo, é realmente interessante ficar de olhos abertos, porque qualquer hora o STJD pode aparecer com algum caso absurdo...e aí, precisa ter muita sorte pra sair "impune" do processo.

No nosso caso, méritos para o corpo jurídico do SPFC.

Sobre o futebol em si, o Tricolor joga quarta contra a LDU de Loja e precisa de uma simples vitória para garantir a classificação à próxima fase do torneio.

Que a vitória venha, e venha de forma maiúscula, pois é isto que o time precisa....com o Fabuloso em campo ou não.